Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

A Amora a ser mimada pela Becas

IMG_3710.JPG

 

A esterilização da Amora correu bem, dentro do que foi possível.

Segundo a médica veterinária que a operou a Amora, anatomicamente, tinha os ovários diferentes do que é habitual na maioria das gatas. Nesse sentido, pensa que conseguiu tirar tudo (ovários e útero), mas há sempre um risco de terem ficado pequenas células do ovário, apenas visíveis microscopicamente.

Se for o caso, ela pode continuar a mostrar sinais de cio ou gravidez psilológica e, em última análise, ter que ser novamente operada.

 

 

IMG_3719.JPG

 

Mas vamos acreditar que não ficou lá nada, e que a partir daqui só terá que ir ao hospital em consultas de rotina.

Para já, está a antibiótico e anti-inflamatório, em xarope, que é um castigo para lhe conseguir dar, porque ela esperneia por todo o lado e não pára quieta com a cabeça!

 

Tem sido mimada por todos, mas hoje teve uns mimos especiais :) Oram vejam só as meninas:

 

 

 

Os gatos e as portas fechadas

Resultado de imagem para portas com gatos

 

Porque é que os gatos não gostam de ver portas fechadas?

Deve ter a ver com a sua personalidade curiosa por natureza, o seu instinto, o facto de gostar de andar a explorar e caminhar à vontade, sem grandes obstáculos pelo caminho.

Lá em casa é certo que, se fecharmos, por exemplo, a porta da casa-de-banho, a Amora irá lá bater à porta, até que alguém a abra. Se fecho a porta que dá para o corredor, ou outra, temporariamente, e estiver do outro lado, é certo que elas, onde quer que estejam, vão sair e permanecer à porta, até que eu abra, para elas circularem à vontade.

Ainda no domingo, a minha filha estava no quarto com a porta fechada, e a Becas começou a miar e a raspar na porta, para abrirmos.

E se apenas encostamos, sem fechar, elas encarregam-se de abri-la por completo!

 

Como se costuma dizer, o fruto proíbido é sempre o mais apetecido e, se aquela porta está fechada, é porque ali há alguma coisa, pensarão eles. Claro que, depois da porta aberta, perdem o interesse, e vão embora!

 

A felicidade é?!

 

 Bom dia, a todos!

 

O Clube de Gatos, deseja uma boa semana e quer vos fazer sorrir logo de manhã!

Ser feliz, custa tão pouco, os nossos animais iluminam as nossas vidas e derretem o nosso coração, que digam estas crianças, as imagens falam por si!

Quem, não tem um amigo de quatro patas, nunca vai sentir o amor e felicidade, que nos dá...

Vendemos mais um livrinho do Clube!

Foto de Clube de Gatos do Sapo.

 

Ontem perguntaram-me onde poderiam comprar o nosso livro. Como ainda lá tinha um em casa (que mandei fazer para mostrar no lançamento do meu), trouxe hoje para a pessoa que me tinha perguntado.

Assim, vendemos mais um livrinho solidário!

O valor de 6 euros (preço do site) será entregue à Associação Tico & Teco.

A Amora já foi esterilizada

IMG_3706.JPG

IMG_3705.JPG

 

Depois destes momentos de brincadeira, e de um jejum forçado, lá foi a Amora para o hospital, para a cirurgia.

Foi esterilizada ainda da parte da manhã, já acordou e, de acordo com a médica, correu tudo bem.

Mais logo vamos buscá-la.

E perceber melhor algo que a veterinária explicou ao meu marido, mas que parece não ter qualquer relevância: é que a D. Amora, como tem que ser diferente em tudo, parece que também tinha um ovário diferente de todos os que a médica tem visto em gatas!

Mais logo trarei mais notícias.

Não é tão lindo(a) este(a) laranjinha?!

Hoje, quando estava a ir para o trabalho, deparei-me com este(a) laranjinha aqui no centro de Mafra!

Quando me viu ali parada a fotografá-lo, veio logo ter comigo, a espreguiçar-se e esfregar-se nas minhas pernas, a pedir mimos.

Não é tão giro?!

Lembrei-me logo do Riscas, do Puma, do Indy e do Jonas :)

 

IMG_3702.JPG

IMG_3703.JPG

IMG_3704.JPG

 

Observar os gatos

Resultado de imagem para observar os gatos

 

Já pararam por momentos tudo aquilo que estavam a fazer para, simplesmente, observar os vossos gatos?

Não apenas ver, mas observar com atenção. Observar a forma como dormem, a forma como confiam em nós, a forma como se alimentam, como eles próprios observam o mundo lá fora.

Observar os seus tiques próprios, manias, personalidade. A forma como brincam, como correm, ou como ficam atentos a algo.

Se já o fizeram, sabem o quão maravilhoso pode ser, tentar compreender, mesmo não compreendendo por vezes nada, e entrar por instantes no seu mundo, visto com os nossos olhos!

 

Quando encontramos um gato na rua constipado

Já aqui disse que há muitos gatos na minha rua. Esses gatos já tiveram um abrigo improvisado, mas depois esse abrigo deu lugar a uma obra e eles foram desalojados. No entanto, há uma senhora que tem uma moradia e que lhe dá comida e abrigo. Também eu já dei alguma ração para ajudar.

gatoatchin1.jpg

Ontem quando estava a chegar do trabalho, vi que  muitos deles estavam a apanhar sol na rua, aproximei-me para fazer festinhas, mas eles são muito ariscos e fogem logo. No entanto, estava lá um pretinho, que estava tão ranhoso, tão ranhoso, que me deixou cheia de pena. Eu nunca tinha visto nada assim, não fazia ideia que os gatos pudessem ficar assim.... Era um gatinho ainda jovem. A tal senhora já lhes dá comida e abrigo, mas certamente não os pode levar ao veterinário. Mas aquele gatinho precisa de cuidados.


Gostava de ajudar, andei a pesquisar e encontrei num site que devemos limpar os olhos e o nariz deles com compressas esterilizadas e soro fisiológico, usando uma compressa pra cada olho e uma terceira pro  nariz. Também aconselham a vacinação, o estar num sitio quentinho, e outros cuidados com a alimentação, mas um gato de rua, é difícil. Além disso, o gato não se deixa apanhar, e se a senhora me vê a tentar pode levar a mal, já que ela é que os tem a seu cargo...

 

Agora estou com aquele sentimento de que podia fazer alguma coisas, mas, se calhar não posso mesmo fazer nada. Fica-me na cabeça aqueles olhinhos como que a pedirem ajuda...

  • Blogs Portugal

  • BP

  • Pág. 1/4