Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

As primeiras preocupações

Becas, a destemida, a aventureira, a macaca que salta e pula, e põe-se em pé como se fosse uma pequena ursinha, que não pára quieta e gosta de desafiar a Amora, e dar-lhe umas "dentadinhas de amor" quando ela quer estar sossegada, muda repentinamente.

No fim-de-semana, só queria estar ao colo sossegada, e muitos mimos. No domingo, então, ainda se notou mais. Era a Becas que queria estar sossegada, e a Amora que a desafiava. A Amora parecia que tinha pilhas duracell, nunca a vi brincar e divertir-se tanto. E a Becas, só queria estar deitada.

Ontem, fi-las correr um pouco atrás da corda. Mas quando mandei as bolas, a Becas limitou-se a olhar para elas, sem ir atrás.

Por esta altura, já estávamos de pé atrás e a achar que alguma coisa não estava bem.

Ontem ao final do dia chego a casa e reparo que, perto da porta do corredor, está qualquer coisa no chão, semelhante a vomitado. Perguntei ao meu marido mas ele, enquanto esteve em casa, não deu por nada.

À noite, vejo que a Becas se prepara para vomitar. Saiu apenas líquido. Não devia ter comida no estômago para sair. Depois disso, melhorou. Brincou um pouco com o rato e dormiu até de madrugada, a certa altura, encostada à minha cara.

Foi nessa altura que se preparou para vomitar novamente. Ainda meio ensonada, pensei em limpar hoje de manhã, mas não vi nada. Prestes a levantar-me, apanhei um valente susto quando toco nela e não sinto nada. Acho que estou traumatizada por causa da Tica. Ao fim de alguns segundos lá ela desperta, e me alivia.

Antes de vir para o trabalho, vomitou outra vez. Na primeira tentativa, não saiu nada. À segunda, uma espuma esbranquiçada.

E assim vamos nós hoje ao final do dia com ela ao veterinário, para ver o que se passa com a nossa Becas. Não podemos mais estar à espera que o carro fique arranjado. Vamos ter que as levar mesmo de táxi até ao hospital veterinário, até porque embora não apresente sinais, convém que a Amora também seja examinada.

Começaram as primeiras preocupações.

 

  • Blogs Portugal

  • BP

  • 7 comentários

    Comentar post