Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Fascínio pelos gatos “bosques da Noruega”!

Eu gosto de qualquer gato. Sempre que vejo um, meto logo conversa chamo-o e se ele deixar faço-lhe festinhas. Mas tenho um certo fascínio pelo “bosques da Noruega”! Encantam-me!

 

Andei a pesquisar sobre eles, e encontrei até alguns á venda no OLX. Não estou para comprar, nem adotar nenhum gato agora, mas aconteceu ir lá parar e ver uns amarelinhos, como o meu Riscas…

gatinhosbosquesporto.jpg

Em grandes, devem de ficar assim:

bosquenoruega.jpg

 

Descobri então que esta raça é proveniente dos bosques da Noruega, pais conhecido pela suas montanhas e florestas, com verões amenos e invernos muito rigorosos, onde só os mais fortes poderiam sobreviver.

 

Este felino era conhecido como o gato encantado das florestas escandinavas. Os Vikings chamavam-lhe “Fada da floresta”, uma vez que o gato se desenvolveu naturalmente em territórios próximos dos humanos.

 

Pelas suas origens, pode pensar-se que é um gato que prefere a exploração ou estar fora de casa, mas na verdade é um animal que prefere a companhia de pessoas e de outros animais. São gatos muito inteligentes e independentes, pouco barulhentos, calmos, mas tendem a defender o seu território, são agradáveis e doces com os seus donos. Também vivem bem como o único gato da casa, ligando-se de forma muito intensa a uma pessoa em particular. No entanto, não são gatos de colo (oh que pena), preferindo deitar-se ao comprido junto ao seu humano preferido.

com-gato-selvagem-bosque-noruega.jpg

E aquela pelagem linda, deve precisar de  imensos cuidados, achei eu, mas…

A pelagem tem uma camada superior macia à prova de água e uma camada inferior densa e isolante. Para além de serem excelente caçadores, também são conhecidos por pescarem, apoiando-se nas patas traseiras e atirando-se para dentro de água, ato estranho para um gato português comum. O Bosques da Noruega é um gato de pelagem semi-comprida, cujo pêlo bem estruturado, não precisa de muita atenção. Uma escovagem semanal é suficiente para o manter  saudável.

 

Esta é considerada uma raça de crescimento lento, levando até três anos para atingir a maturidade completa.

 

O primeiros bosques da Noruega chegaram a Portugal em 1989.

  • Blogs Portugal

  • 3 comentários

    Comentar post