Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Os incríveis bigodes dos nossos gatos

Um texto que encontrei no site brasileiro o gatinho branco.

A todas as meninas deste clube, guardem o link, vejam os artigos interessantíssimos sobre os hábitos, alguns menos bons, que temos  com os nossos felinos e que podemos melhorar: alimentação adequada, utensílios para os alimentos que facilite a refeição deles, areia ecológica "faça você mesma", e muito mais que podemos aprender a fazer para cuidarmos da saúde dos nossos felinos. 

Quero o melhor para a Kat, penso que a ração que dou é adequada mas vou estar atenta, já comecei a dar-lhe comida húmida (a veterinária aconselhou-me) com mais frequência, amanhã vou retirar o prato de plástico, comprado há dias, e substituí-lo por outro.

Vão gostar do site e acreditem, vão adorar as fantásticas fotografias dos felinos.

incriveis-bigodes-gatos.jpg

 

Os bigodes são fascinantes de observar, como tudo no gato eles se movem com grande precisão e sutileza. Mas apesar de parecerem só pelos compridos, eles são órgãos sensoriais tão complexos que um gato sem bigodes tem mais dificuldade para se locomover e se equilibrar do que um gato completamente cego.

Os gatos têm 12 bigodes principais de cada lado do focinho (pode contar!), com músculos que fazem as fileiras de cima se moverem independente das duas de baixo, além de vários menores pelo rosto, no queixo, acima dos olhos e atrás das patas.

Cada bigode tem raízes três vezes mais profundas que os pelos e uma série de terminações nervosas que detectam qualquer pequena vibração no ar (até as vibrações sonoras), de onde vem seu nome científico vibrissae.

Isso permite que o gato saiba exatamente onde estão todos os móveis da sala só por sentir alterações na fraca corrente de ar que entra pela fresta na janela. Eles também são fundamentais para o gato detectar o movimento da presa, correr, saltar com precisão e dar a mordida fatal no lugar certo.

Quando a presa já está capturada, os bigodes se voltam para frente e sentem qualquer mínimo movimento, avisando o gato se ela já está morta ou não. E é aqui que entra a função dos bigodes atrás das patas, eles que dizem para o gato quando ele pode soltar a presa.

Além de tudo isso, os bigodes na lateral do focinho medem frestas e vãos e ajudam o gato a calcular se ele consegue passar por ali ou se vai ficar preso. Acima dos olhos, os bigodes são como cílios super sensíveis, basta tocá-los bem de leve com a pontinha do seu dedo e seu gato vai piscar – um reflexo muito útil para proteger os olhos de quem caça no meio do mato.

Por serem tão importantes, os bigodes se devolvem quando o gatinho está no útero da mãe, antes de qualquer pelo, e já nascem completamente funcionais, ao contrário dos olhos e ouvidos. E é justamente por que prezam os próprios bigodes que os gatos colam todos eles para trás quando vão brigar: para protegê-los!

Por esse motivo, cortar os bigodes de um gato é uma crueldade tão grande quanto deixá-lo cego, com a diferença de que os bigodes felizmente crescem de novo. Na verdade, os bigodes são trocados naturalmente por bigodes novos assim como os pelos, e em alguns lugares é sinal de sorte encontrar um bigode de gato no chão.

Agora da próxima vez que olhar para os incríveis bigodes de um gato, tente imaginar a quantidade de informações que eles estão transmitindo! Comparando conosco, os bigodes são mais sensíveis que nossas próprias mãos, seria como se pudéssemos fechar os olhos e “ver” tudo ao nosso redor apenas ao detectar cada pequena vibração de cada fio de nossos cabelos!

  • Blogs Portugal

  • BP

  • 2 comentários

    Comentar post