Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Quando não há nada que possamos fazer

Foto de Clube de Gatos do Sapo.

 

A gata de uma vizinha nossa teve esta gatinha, que cheguei a ver duas ou três vezes por ali na rua.

A última vez que a vi, ou pelo menos que achei que era ela que estava a ver, foi empoleirada no muro da casa um pouco acima da minha. E digo que achei que era ela porque não conhecia ninguém ali que tivesse gatos desta cor, e parti do princípio que era esta.

 

No dia seguinte, soube que a gata tinha desaparecido. A dona desconfiava que a tinham roubado, que tinha sido um casal que passava ali, e que viram a fazer festinhas.

Fiquei com a pulga atrás da orelha, mas passaram os dias e esqueci o assunto. Até que começo a ouvir, vindo da casa a que pertence o muro, um gato a miar muito, como se estivesse fechado contra a vontade.

A miúda vizinha do lado disse que era porque sentia a falta da mãe. Voltou a accionar o alerta na minha cabeça, mas...

 

O que é que eu podia fazer?

Não posso sair por aí a dizer que as pessoas têm um gato fechado dentro de casa a miar muito - os gatos são para estar em casa, e miar é a fala deles!

Não posso dizer que eles têm o gato da vizinha, porque não tenho provas nem certeza disso. É que nem sequer sei quem é que lá mora.

Por muita confusão que nos faça, e que o meu marido queira agir, não há nada que possamos fazer.

 

Ontem, a cadela do vizinho começou a ladrar e percebi que estava um gato no dito muro. Tirei umas fotografias. 

O gato é, de facto, muito parecido, mas continuo sem poder afirmar que é o mesmo, até porque o que há mais por aí são gatos parecidos, quase iguais. Pedi à minha filha para enviar para a neta da dona, para ver se ela reconhecia. 

 

Não podemos fazer mais nada.

 

  • Blogs Portugal

  • 2 comentários

    Comentar post