Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Quando um gato é um mero funcionário!

 

Bom dia, a todos!

 

A semana passada, quando vi esta noticia no telejornal, fiquei chocada e com pena do gato Larry, que é o gato que reside na residência do primeiro-ministro Britânico, David Cameron, que agora vai passar a pasta a Theresa May.

Larry, foi "contratado" para caçar os ratos que habitam as ruas londrinas, por isso é um funcionário de sua Majestade!

 

A minha pergunta é seriam capazes de deixar um gato fofo ou algum animal com quem conviveram vários meses que habita-se na residência para trás, como se trata-se de uma peça de mobiliário ou neste caso um mero funcionário do estado?!

Eu não, ele vinha comigo, nem que fosse dentro da mala escondido e assim tinham oportunidade de tirar outro gato das ruas e de lhe dar uma nova vida!

Transcrevo a reportagem da Visão, para saberem toda história!

 

http://visao.sapo.pt/actualidade/sociedade/2016-07-12-Muda-se-o-primeiro-ministro-mas-nao-se-muda-o-gato?utm_source=newsletter&utm_medium=mail&utm_campaign=newsletter&utm_content=2016-07-13

O número 10 de Downing Street prepara-se para receber uma nova inquilina esta quarta-feira, mas há algo que vai permanecer naquela casa de portas pretas. Larry, o Gato, não será despejado com os Cameron

 

David Cameron vai abandonar a residência oficial do primeiro-ministro para dar lugar a Theresa May esta quarta-feira. Os Cameron têm que empacotar e retirar da casa tudo o que lhes pertence, menos o felino que lhes faz companhia desde 2011.

Larry é um gato malhado que ocupa o importantíssimo cargo de “caçador oficial de ratos”, desde que foi adotado da Bettersea Dogs and Cats Home, menos de um ano depois de David Cameron se assumir como primeiro-ministro britânico.

A renúncia de Cameron após a vitória do Brexit levantou várias questões sobre o destino do famosíssimo Larry, sendo que o felino pertence ao governo e não ao primeiro-ministro, mesmo que tenha sido este a resgatá-lo do gatil.

As questões foram respondidas por um porta-voz do Cabinet Office. “É um gato do governo e não pertence aos Cameron – ele vai ficar”, anunciou. Assim, Larry continuará a ser um empregado de Sua Majestade e terá que dar as boas vindas à nova primeira-ministra do Reino Unido.

Os gatos não são algo incomum no número 10 de Downing Street. Larry é o sexto gato a habitar ali com o objetivo de caçar os ratos comuns das ruas londrinas, tarefa que o atual gato tem realizado com sucesso.

Mesmo assim, o futuro do gato com fama de preguiçoso ainda não é certo. A BBC relembra o caso de Humphrey, o gato que viveu naquela habitação desde 1989 a 1997, que foi obrigado a reformar-se seis meses depois de Tony Blair e a mulher se mudarem para aquela casa.

  • Blogs Portugal

  • 8 comentários

    Comentar post