Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Ração - hipermercados versus lojas de animais

 

À semelhança do que acontece com os produtos que compramos para nós próprios, e que podem ter maior ou menor qualidade, consoante as marcas, a forma como são preparados, embalados, confeccionados, ou os ingredientes que os constituem, também no caso da alimentação dos animais acontece o mesmo.

O ideal, e que os veterinários recomendam, é apostar numa boa ração, com maior cuidado durante o primeiro ano de vida, que é a fase em que os mesmos se estão a desenvolver, a crescer, a formar-se, e a adquirir resistências para a vida.

A aposta no leite materno até aos 2 meses de idade, quando isso seja possível, é sempre uma mais valia para garantir que ele adquire defesas e todos os nutrientes que precisa nesta primeira fase.

Se não é possível, e temos que substituir o leite materno, ou quando chega a fase do desmame, as coisas complicam-se.

 

 

 

 

Hipermercados:

Nos hipermercados, nem sempre se encontra alimentação apropriada para gatos bebés e jovens. É mais difícil encontrar à venda leite de substituição. E alimentação húmida específica, caso seja necessário, por algum motivo em particular.

Á Tica, quando veio para a nossa casa, começámos por lhe dar Whiskas. Depois, mudámos para Friskies (seca), que era a única ração que ela comia. 

Com a Amora e a Becas, a veterinária desaconselhou-nos comprar ração nos hipermercados, a não ser, se não houvesse outra hipótese, da marca Purina One, que é razoável, por comparação com as restantes marcas.

E isto porquê? Porque apesar do que vem escrito na embalagem, não se sabe ao certo que método é utilizado para elaborar aquela ração, nem o que utilizam para a fazer.

E pelo que tenho procurado em diferentes hipermercados, a maior parte da ração que há é para gatos adultos. Existe alguma variedade de sabores, mas pouca no que respeita a condições específicas - esterilizados, prevenção de infecções urinárias, gastrointestinais e outras.

Existem muitas marcas diferentes, muitas consideradas "marcas brancas", outras consideradas verdadeiros venenos, apesar de toda a fama e publicidade, como é o caso da Whiskas, que tem levado muitos donos a queixarem-se (eu nunca tive problemas).

A grande vantagem é que se podem comprar grandes quantidades por um preço em conta, principalmente se a alimentação estiver com promoções.

 

 

 

Lojas de Animais:

Nas lojas próprias para animais, existe alimentação mais especificada para eles, e será mais fácil encontramos aquilo que pretendemos.

No entanto, quase tudo o que é bom e faz bem, sai caro!

A marca recomendada maioritariamente, e usada pelos veterinários (pelo menos aqui no hospital), é a Royal Canin. Que não é para todas as bolsas! 

Mas, se optarmos por outras marcas menos conhecidas, e que são razoáveis no que respeita a nutrientes e composição, até se pode conseguir comprar alimentação mais barata que nos próprios hipermercados.

 

 

E por aí, que ração costumam usar? Já tiveram más experiências com alguma alimentação específica?

Qual a marca que recomendariam, ou que os vossos animais se dão melhor?

Partilhem connosco as vossas experiências, boas e más!

  • Blogs Portugal

  • 28 comentários

    Comentar post