Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Reacções alérgicas em cães e gatos

Uma das causas que mais leva os animais de estimação, nomeadamente, cães e gatos, às urgências veterinárias são as reacções alérgicas.

 

 

 

Normalmente, estas reacções são provocadas por hipersensibilidade do organismo do animal a um agente promotor de alergia.

 

Alguns desses agentes são:

 

- as vacinas

- algumas plantas

- picadas de insectos

- medicamentos como a penicilina, tetraciclina ou neomicina, entre outros

- alimentos (caseiros)

 

 

 

A alergia pode manifestar-se através do inchaço da cabeça e/ou olhos, coçar constante, e ainda por altos por todo o corpo, podendo essa manifestação ser suave ou mais severa, dependendo dos casos, e de animal para animal.

 

Nestes casos, quando estamos perante uma reacção alérgica, e se pudermos, convém ver onde o animal estava no início da reacção, observando o ambiente à volta para perceber se há ali algo que possa ter desencadeado essa reacção. Nem sempre é possível.Por vezes só damos conta muito depois dela ocorrer.

 

Convém também elevar a cabeça do animal, para facilitar a respiração, e levar imediatamente ao veterinário.

 

 

 

Nos cães, o sistema hepático é o mais afetado. Já nos gatos é a parte respiratória.

 

Após a estabilização do quadro do animal em causa, através dos procedimentos emergenciais que se revelem necessários, desde terapia com oxigênio, a medicação com corticoides, anti alérgicos, fluidos e até recurso a adrenalina (nos casos de colapso cardiovascular), podem vir a ser precisos exames de laboratório.

Por isso, na maioria das vezes, os animais ficam hospitalizados para observação e realização de tratamentos que ajudem a inibir ou eliminar a alergia.

 

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP

  • 1 comentário

    Comentar post