Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Feliz dia mundial do animal

Mesmo sendo nós um clube de gatos, somos por todos os animais, principalmente os domésticos, os de companhia, os que têm sentimentos, coração...

DIANAIMAL678.jpg

O 4 de Outubro foi originalmente escolhido para o Dia Mundial dos Animais, porque é o dia da festa de São Francisco de Assis, um amante da natureza e padroeiro dos animais e do meio ambiente.

Este post é pelos animais!

 

O post de hoje, não quero que o interpretem  como político, mas sim como mais uma vitória para todos os animais, depois do resultado das Autárquicas, eu tinha que escrever este post!

 

O PAN, partido Pessoas-Animais e Natureza conseguiu eleger 26 delegados municipais e 6 deputados nas assembleias municipais, uma delas foi a Amadora que é a minha, fico muito feliz por o meu voto ter contribuído para isso!

 

Se em dois anos, o único deputado no parlamento tem conseguido aprovar importantes medidas para os animais e seus donos, imaginem no que poderão fazer agora directamente no vosso município?

Há, imensas áreas para explorar e tentar mudar, acordos com as câmaras, para as famílias mais desfavorecidas puderem levar os seus animais e mesmo as pessoas que podem usufruir de descontos, em  hospitais veterinários públicos, quem tem animais sabe bem o preço que paga quando o leva a uma simples consulta de rotina e vacinação, então quando por azar o nosso amigo de quatro patas, fica doente nunca sabemos quanto será a factura final e o pior é que nem sempre podemos tratar o nosso companheiro como queríamos verdadeiramente!

 Na minha, opinião um passo importante será a descida do IVA por cada procedimento que o veterinário faça ou medicamento, que é tudo pago como um produto de luxo...

 

Deveria haver, um plano bem definido de esterilização de animais de rua e promover a sua adopção e muito importante, junto das escolas haver campanhas de sensibilização sobre como cuidar e respeitar o animais, as crianças são o nosso futuro!

 

Mas, o PAN não só tem políticas dedicadas aos animais, tem também á natureza e a nós cidadãos, sinceramente cada vez mais me identifico com as suas causas e ideais e pelo resultado da eleições, não sou a única!

O vídeo, que se segue é para todas as pessoas que pensam como eu, finalmente os animais estão a ser ouvidos e as mentalidades estão a mudar e novas leis ambientais e animais irão ser aprovadas!

 

 

Atenção, que este post é da minha única responsabilidade e foi feito pelo amor que tenho pelos animais!

 

 

O que são veterinários biónicos?

Resultado de imagem para veterinária biônica

 

A biónica é a técnica de aplicação de conhecimentos de biologia na solução de problemas de engenharia.

Hoje em dia, a biónica é utilizada, na medicina, na vertente de próteses a transplantes.

Em Portugal, podemos encontrar no Hospital Veterinário de São Bento, em Lisboa, o veterinário biónico Henrique Armés,que já esteve presente na rubrica "Histórias de Quatro Patas", da Sic, para falar sobre o trabalho que desenvolve nesta área.

 

Deixo aqui o relato de uma das primeiras intervenções feitas em Portugal, recorrendo à biónica:

Sol_HVSB

 

"Há cerca de seis anos, uma cadela de porte pequeno com cerca de 11 anos deu entrada no Hospital Veterinário de São Bento para, o que se julgava ser, uma consulta de rotina. De nome Sultana, a cadelinha sénior com um ar simpático apresentava, contudo, sintomas na pata dianteira esquerda, que , de imediato, fizeram ponderar a existência de alguma patologia.

Após uma primeira suspeita, veio, através de exames, a confirmação de que a Sultana era portadora de um carcinoma e o tratamento passaria pela amputação da pata. Desde o primeiro momento, a preocupação do hospital centrou-se no tentar encontrar uma solução para o tratamento da Sultana, que lhe permitisse a melhor qualidade de vida.

Tendo conhecimento de um tipo de cirurgia inovadora, que consistia num implante de uma prótese endo-exo, pensámos: E porque não, permitir que a Sultana tenha acesso a um tratamento pioneiro, e nesse contexto, introduzir em Portugal esta técnica inovadora?

De facto, a endo-exo prótese consiste num dispositivo de metal que é implantado no osso e é composto por diversos módulos que, grosso modo, se dividem em uma parte interior (endo) e uma outra exterior (exo) aplicados na pata do animal.

Através de um planeamento concertado, com uma equipa multidisciplinar, projetámos então a implantação de uma endo-exo-prótese no membro amputado de Sultana. A hipótese foi bem acolhida pela dona da cadela e criámos os meios necessários para a cirurgia.

Sabemos ter sido esta, de facto, a primeira cirurgia do género em Portugal e também a primeira prótese com este tipo de técnica na Península Ibérica.

Dada a sua complexidade e após um exigido período de repouso para que o endo-implante se integrasse no osso da Sultana, esta foi submetida a uma reabilitação com esquemas de fisioterapia baseados em hidroterapia. A Sultana foi-se então adaptando gradualmente ao seu novo membro artificial e, após 5 meses, estava totalmente adaptada.

Depois de Sultana, e ao longo dos últimos 6 anos, seguiram-se mais 7 animais: 6 cães e um gato. Todos casos clínicos desafiantes.

O último dos quais foi realizado entre abril e maio deste ano e que trouxe, igualmente, mais desafios: tratava-se da aplicação de uma endo-exo prótese numa cadela com pouco mais de 3 quilos, feito que, segundo sabemos, será uma das primeiras aplicações feitas no mundo num animal de tão baixo peso."

 

À semelhança do que acontece na medicina humana, as próteses em animais têm tido uma rápida evolução.

Mas, embora a maioria das intervenções seja bem sucedida, existem casos em que esta opção não é viável, e tem mesmo que ser descartada, pelo bem dos animais.

Por outro lado, são intervenções muito dispendiosas, o que não permite a quaquer dono recorrer a elas.

 

Há uma série que passou no canal Odisseia (não sei se ainda dá) - O Veterinário Biónico - que mostra o dia-a-dia de um veterinário neuro-cirurgião ortopédico conceituado, Noel Fitzpatrick, e as alegrias e frustrações que sente, consoante os animais que lhe chegam às mãos.

 

 

 

 

Os gatos são animais de rotinas?

Resultado de imagem para gatos têm rotinas

 

Por aquilo que conhecem dos vossos gatos, diriam que eles são animais de rotinas bem definidas, ou surpreendem a cada instante, por não saberem o que esperar deles?

 

Por aqui, quase sabemos a que horas as nossas gatas costumam ia à casa de banho, comer e dormir a sesta!

Em dias normais, acordam cedo. A Becas, mal ouve o despertador, coloca-se como estátua na mesa de cabeceira do meu lado, e só sai quando me levanto. A Amora, costuma sair mais cedo da cama. Esperam que eu me levante para irem comer e à casa de banho. Se não estiver ninguém em casa, e depois das brincadeiras matinais e brigas, dormem até ao almoço. Voltam a comer, fazer as necessidades, brincar. Dormem à tarde. E o mesmo à noite.

Se, por acaso, saímos e chegamos mais tarde, elas só vão comer quando chegamos, e só nessa altura vão à caixa.

 

Quando chega à noite, a Amora vai logo para cima da nossa cama, à espera que os donos se deitem. Quando o fazemos, brinca ali por cima com os brinquedos. Ultimamente, quer entrar dentro da cama. Fica por lá uns minutos. Depois, num impulso, sai de dentro da cama e volta a deitar-se, do lado de fora, aos pés.

 

A Becas só gosta de comida acabada de colocar no comedouro. Se um deles tiver comida nova, e o outro mais antiga, ela vai ao da nova. A Amora que coma a outra!

Achei piada no outro dia, quando coloquei comida nova em baixo, e um restinho da mais antiga em cima. Foi lá, cheirou, olhava para mim, voltava a cheirar, voltava a olhar para mim a miar, como quem diz "não quero esta, põe-me comida nova no outro". Resignada, lá comeu.

 

Por estas pequenas coisas, e outros pormenores, eu diriam que as nossas meninas gostam de rotinas, e têm-nas bem estabelecidas!

E por aí?

 

 

 

Porque é que os gatos cheiram o rabo dos outros?

Resultado de imagem para gatos a cheirar o rabo dos outros

 

Não sei se com os vossos gatos acontece o mesmo, mas a Becas e a Amora têm muito a mania de andar a enfiar o nariz no rabo uma da outra, por vezes até lambendo.

Também, por exemplo, no filme "A Vida Secreta dos Nossos Bichos" vimos uma cena semelhante, entre cães.

Mas, porque será que os animais fazem isso?

Segundo consta, é para se identificarem e se conhecerem melhor. Ao que parece, eles cheiram a glândula que têm logo abaixo do ânus, ou lambem-se, como forma de reconhecimento ou uma espécie de cumprimento entre eles!

Os gatos são animais ciumentos?

Foto de Becas e Amora.

 

Eu diria que sim!

Pelo menos a julgar pelas nossas 

 

Se fazemos festinhas a uma, a outra fica a olhar com "aqueles olhinhos" para lhe darmos também. Se começamos a brincar com outra, a primeira vai logo a correr para brincarmos com ela.

No outro dia estava a fazer festinhas e a conversar com a Becas. A Amora veio logo roçar-se nas minhas costas como que a dizer "estou aqui também". Outras vezes, salta-me mesmo para as costas!

Ontem, a Becas estava cansada de correr atrás da bola. Disse-lhe que, enquanto ela descansava, ia mandar a bola para a Amora. Levantou-se logo e foi para a cama onde estava a amiga.

 

Mas não é só entre elas que existem ciúmes. Se estivermos a falar sobre a mera possibilidade de adoptarmos outro animal, seja gato ou cão, elas pressentem, percebem que o seu território corre risco de ser ameaçado, e começam a pedir toda a tenção só para elas.

Ontem, enquanto estávamos a falar da Julieta, colocaram-se uma ao lado da outra, a olhar para nós! Andam às turras uma com a outra mas, quando é algo que afecta as duas, unem esforços e lutam pela sua causa, com garras e dentes!

Euadoto.org - a plataforma online para adopção

 

A plataforma euadoto.org pretende juntar associações de animais, a pessoas que querem adoptar, simplificando ao máximo todos os passos do processo, que se faz maioritariamente online.

Os primeiros animais divulgados para adopção pertencem à Associação Pegadas e Bigodes, do concelho de Figueiró dos Vinhos, que foi afectado pelo incêndio de Pedrógão Grande. São animais que, após o incêndio, foram resgatados e entregues a famílias de acolhimento temporário,enquanto não encontram uma família definitiva.

Para além desta associação, a cujos animais a seu cargo foi dada prioridade, e de outras associações dedicadas à causa animal, existem também protocolos com diversas instituições, como o Instituto do Animal, a Pet B Havior e outros profissionais credenciados que fazem uma avaliação do perfil do animal e do estilo de vida de quem quer adoptar, através de um questionário online, que terá em conta factores como o ritmo de vida, se há crianças ou não, se existem outros animais em casa, e outros relevantes para um processo de adopção bem sucedido.

Uma das vantagens da plataforma é que, após a adopção, é oferecida uma observação e aconselhamento médico-veterinário. Para além disso, todos os animais são entregues desparasitados e vacinados e, no caso dos cães, identificados com chip.

 

Mais informações em http://www.euadoto.org/

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP