Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Animais nas ruas: para reflectir...

 

A vida de um gato, nas ruas, pode ser emocionante, divertida...

Podem brincar ao ar livre, descobrir novos esconderijos e tocas, ir onde quiserem sem ninguém atrás deles...

 

Mas...

 

É uma vida dura, em que estão dependentes daquilo que caçarem para comer, ou da boa vontade das pessoas que lhes dêem comida para não passarem fome, e água para não morrerem de sede...

É uma vida dura, em que estão sujeitos aos perigos das ruas, de outros animais que lutam, como eles, pela sobrevivência ou, simplesmente, atacam por atacar, às maldades do ser humano que abomina animais e acham que eles deviam morrer...

É uma vida dura, em que podem não ter onde se abrigar do frio, da chuva, da trovoada...Em que não têm a quem recorrer quando sentem medo...Em que podem ficar doentes e não ter ninguém que os trate, que os leve ao veterinário, que cuide deles...

 

Enquanto os nossos gatos estão "presos" num lar com tudo aquilo que precisam, outros estão "livres" para o bem e para o mal...

 

Se os gatos que vivem na rua falassem e pudessem escolher o seu destino, o que diriam eles?

Este do vídeo, sabemos bem o que deve estar a sentir, mesmo sem nada dizer... 

 

o Ikea também pensa nos nossos animais

e já chegou a Portugal algumas das peças da coleção de camas, almofadas, sofás, comedouros, pernas de mesas adaptadas aos nossos gatos, enfim, uma variedade de peças e utensílios que podem ser a alegria e conforto, no nosso caso, dos gatos deste clube.

201821_pevd21a_03_PH147898 (2).jpg....jpg

 

A notícia, aqui.

Já no próximo fim de semana, a loja de Loulé vai acolher uma feira de adopção de animais de estimação que assinala o lançamento da colecção.

Neste catálogo, os preços são em dólares americanos mas no site do Ikea Loulé, os preços são praticamente iguais.

Fazendo a conversão do preço do arranhador, que me parece ainda não ter chegado cá e que pretendo comprar , $ 5,99, equivale a 5,09 euros.

Aguardo a chegada da colecção ao Ikea de Braga. Acho que vou perder-me por uma cama e um arranhador para a Kat. 

201821_pevd22a_03_PH147904.jpg

 

conversor.png

 

 

 

Os gatos amarelos são mais assustadiços que os pretos

Imaginem as coisas que vou descobrindo, desde que tenho uma dupla laranja/chocolate.

291.JPG

Queria aqui partilhar uma teoria que está num livro de nome Os Animais nos Fazem Humanos.

«A autora  menciona estudos, que  mostram que os gatos amarelos/laranja são naturalmente mais reativos do que os pretos. Isto porque os gatos laranjas sentem mais medo e esse medo, por consequência, pode gerar a reatividade.

 

Os genes que causam aos gatos amarelos a timidez e o  medo é herdado. Sendo assim, mesmo reduzindo o medo nesses gatos, é difícil eliminar na totalidade a sua timidez.  Os gatos pretos não têm esse mesmo nível de timidez, eles são naturalmente mais amigáveis com outros animais e pessoas.»

 

Talvez isto explique um pouco porque o Rafael sendo preto, adaptou-se logo ao Riscas (amarelo), enquanto este precisou de muito mais tempo! E em relação à adaptação com humanos, o Rafael sentiu-se logo "em casa"!

 

Quando não há nada que possamos fazer

Foto de Clube de Gatos do Sapo.

 

A gata de uma vizinha nossa teve esta gatinha, que cheguei a ver duas ou três vezes por ali na rua.

A última vez que a vi, ou pelo menos que achei que era ela que estava a ver, foi empoleirada no muro da casa um pouco acima da minha. E digo que achei que era ela porque não conhecia ninguém ali que tivesse gatos desta cor, e parti do princípio que era esta.

 

No dia seguinte, soube que a gata tinha desaparecido. A dona desconfiava que a tinham roubado, que tinha sido um casal que passava ali, e que viram a fazer festinhas.

Fiquei com a pulga atrás da orelha, mas passaram os dias e esqueci o assunto. Até que começo a ouvir, vindo da casa a que pertence o muro, um gato a miar muito, como se estivesse fechado contra a vontade.

A miúda vizinha do lado disse que era porque sentia a falta da mãe. Voltou a accionar o alerta na minha cabeça, mas...

 

O que é que eu podia fazer?

Não posso sair por aí a dizer que as pessoas têm um gato fechado dentro de casa a miar muito - os gatos são para estar em casa, e miar é a fala deles!

Não posso dizer que eles têm o gato da vizinha, porque não tenho provas nem certeza disso. É que nem sequer sei quem é que lá mora.

Por muita confusão que nos faça, e que o meu marido queira agir, não há nada que possamos fazer.

 

Ontem, a cadela do vizinho começou a ladrar e percebi que estava um gato no dito muro. Tirei umas fotografias. 

O gato é, de facto, muito parecido, mas continuo sem poder afirmar que é o mesmo, até porque o que há mais por aí são gatos parecidos, quase iguais. Pedi à minha filha para enviar para a neta da dona, para ver se ela reconhecia. 

 

Não podemos fazer mais nada.

 

Feliz dia mundial do animal

Mesmo sendo nós um clube de gatos, somos por todos os animais, principalmente os domésticos, os de companhia, os que têm sentimentos, coração...

DIANAIMAL678.jpg

O 4 de Outubro foi originalmente escolhido para o Dia Mundial dos Animais, porque é o dia da festa de São Francisco de Assis, um amante da natureza e padroeiro dos animais e do meio ambiente.

  • Blogs Portugal

  • BP