Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Raças de Gato - Gatos sem Pelo

gato sem pelo

Sofre de alergias a gatos, mas não quer desistir do seu sonho de ter um gato? Gato sem pelo é a solução ideal para si! É impossível ficar indiferente diante destes gatos, que são adorados por uns, depreciados e marginalizados por outros. Face ao sucesso e curiosidade dos gatos sem pelo, criadores americanos importam gatos Sphynx da Europa.

Raças de Gato - Gatos sem Pelo :

Provavelmente a raça de gato sem pêlos mais conhecida, a Sphynx desafia a típica personalidade de impasse normalmente associada aos gatos, graças à sua extrema sociabilidade.
Sphynx é vivo, esperto, independente. Sociável em relação aos seus congéneres e cães, nunca se mostra agressivo. Muito afetuoso, até possessivo, adora ser mimado.
A vida num apartamento está perfeitamente adequada para este animal porque é muito sensível ao frio, ao calor e à humidade. No Inverno, é indispensável administrar uma alimentação energética com uma ração para gatos de elevada qualidade nutricional para manter a temperatura corporal ligeiramente superior à espécie. É conveniente o gato Sphynx evitar exposição ao sol, pois pode resultar em queimaduras. Contrariamente a outras raças de gatos, o sphynx transpira pela pele, requerendo, como tal uma limpeza regular com uma luva de banho. O banho em si não é aconselhável.

  • Bambino

Como o próprio nome sugere os Bambinos (significa bebé, criança em italiano) são conhecidos por serem muito divertidos e gostam de estar cercados por companhia. O gato Bambino não é um gato adequado para estar sozinho por longos períodos regularmente. Os Bambinos também podem servir casas com crianças gentis e outros animais, pois são muito sociáveis ​​e amigáveis. Bambino é uma raça mista de um cruzamento entre um Sphynx e um Munchkin. O resultado é um gato com pernas distintamente curtas e orelhas altas. Apesar de suas pernas mais curtas, os bambinos são conhecidos por serem enérgicos e surpreendentemente ágeis. A falta de pêlo dos Gatos Bambinos significa que eles são muito mais suscetíveis a sentir o frio e sua pele pode se machucar mais facilmente.

  • Peterbald

O Peterbald é um gato de raça mista, criado pelo cruzamento de um Sphynx e um Oriental Shorthair. Este gato nativo da Rússia é extremamente leal.
O Peterbald é um felino elegante com características proeminentes e membros longos. Nem todos os Peterbalds nascem sem pêlos. Ocasionalmente, um Peterbald nasce com uma pelagem completa, como um gato típico.

  • Duende

Esta raça Duende é outra criação recente, segundo My Animals, feita pelo cruzamento de um Sphynx com um American Curl. O resultado é um gato brincalhão e extrovertido com orelhas curiosamente interessantes. Estes gatos geralmente têm uma sensação de pele macia, semelhante à pele de pêssego.

  • Donskoy

Também conhecido como o russo sem pêlos, o Donskoy é uma raça única. Estes gatos também são notavelmente inteligentes e facilitam o treinamento.

O Pitufo está doente!

Começou a não querer sair de casa, pouco reagia até que deixou de comer!

 

Levei à veterinária que após exames detectou que ele tinha estado em contacto com o desinfestante que andam a colocar nas ruas para desinfestar as mesmas!

Como ele vai para o exterior é fácil estar em contacto. Referiu ainda que desde que começaram a fazer a desinfestação, já apanhou lá alguns animais com os mesmo sintomas.

 

Resultado: Anda a fazer medicação, levou 2 injecções e hoje levou a 2ª dose.

 

E está expressamente proibido ir para o exterior!

 

Neste momento continua a não querer comer, apesar de já começar a ter mais reacção no corpo! Além disso já perdeu quase 1 kg.

 

Se até 2ºf não apresentar melhorias significativas vai fazer análises hepáticas! 

 

TextOnPhoto_1585257807026.png

 

Até lá só espero que tudo fique bem 

Existe "solidariedade comportamental" no mundo felino?

Resultado de imagem para 2 gatos

 

Ainda a propósito do post de ontem, e porque hoje já ambas voltaram ao estado normal e a comer a ração como habitualmente, só me ocorreu uma teoria: a de que existe uma certa solidariedade comportamental entre os gatos.

Pelo menos, entre os que são criados juntos.

 

Tendo a Becas vomitado de manhã, depois de comer a ração nova, a Amora terá associado que comer aquela ração lhe faria mal, tal como à irmã. E, por isso, recusou-se a comer.

E só à noite, quando viu a Becas a comer, sem qualquer efeito negativo, é que a Amora decidiu petiscar, à cautela.

 

Hoje, já comeram as duas normalmente, a ração de sempre.

O que fazer quando um gato rejeita a ração que sempre come?

Resultado de imagem para gatos a comer

 

Hoje de manhã estreei uma embalagem nova de ração.

A ração habitual, que sempre comem, que mando vir sempre da mesma loja.

Coloquei nos comedouros, às 5 da manhã, e voltei para a cama.

 

Quando me levantei, percebi que uma delas tinha vomitado. Suponho que tenha sido a Becas, pois era ela que tinha ficado ali a comer naquela direcção.

Como, de vez em quando, isso acontece, quando ela come depressa e muito de uma vez, não liguei.

 

Entretanto, a Amora chama-me para comer. Cheira um comedouro, cheira outro, anda ali às voltas mas não come. Pego em alguns croquetes, na mão, e ela cheira mas não come.

Achando isso estranho, e porque ainda tinha sobrado um restinho da anterior, vou buscar e ponho na mão. Começa imediatamente a comer, cheia de fome.

E até a Becas, que não é dessas mariquices, começa também a comer na mão.

Ou seja, o problema está na nova ração.

 

E agora?

Já não há mais nenhuma da anterior. Tenho outra nova para estrear mas, e se elas também não lhe tocarem, o que é que comem?

E se mandar vir mais, será que não vem igual?

É estranho porque a ração é exactamente igual, não mudámos nada, nem sequer o sabor, e aparenta estar normal, mas elas lá notam algo diferente.

Não sei como vou fazer porque, além de só ter ração dos hipermercados para os da rua, não tenho mais nada e, de qualquer forma, não posso dar, de repente, uma ração diferente da habitual, sem lhes provocar outros problemas.

 

Já alguma vez vos aconteceu uma situação dessas?

Os gatinhos e higiene

Bom dia !!!

Temos duas gatas e antigamente andavam por todo lado da casa. Agora evitamos tocar nelas e não deixo que subam para o sofá. Aos poucos foram se habituando e ao principio foi muito complicado. Ficaram tristes mas já se apreceberam que algo se passa. Tenho as gatas na sala, a comida e caixote de higiene na cozinha pois não tenho outo sitio para colocar. À noite ficam no hall de entrada a dormir e fecho a sala.

Então e vocês que medidas tomaram  agora para higiene?

 

 

 

 

  • Blogs Portugal