Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Gatos do campo, familiares do Rafael

Fomos ao campo, ao lugar de onde veio o meu Rafael. Já não ia lá, há uns dias. Mas hoje fui e tive sorte, porque apanhei lá a gataria quase toda. A bela Joana em cima do telhado de um barracão, o céu  azul ficou espelhado nos seus olhos!

Joanna.jpg

O Jorge, continua aquele gatos pachorrento, deitado a apanhar sol!

Jorje.jpg

Por fim, o Miguel (o que sobreviveu dos gémeos) , filho da Joana, já andei tanto com ele ao colo, mas bastou a minha ausência por uns dias, e já não me deixa aproximar, nem fazer festinhas...

Miguel1.jpg

MiguelGato (2).jpg

Também andavam lá pelo telhado outros gatos, que vão lá apenas comer e brincar um pouco e depois vão à sua vida. Há ainda um amarelinho, novinho,  que se escondeu no barracão, que é primo do Miguel e desde que o Miguel perdeu o irmão, tem brincado muito com ele, mas é arisco!

 

E assim vão os gatos do campo, que acompanhamos! 

O Cantinho de adopção! # 71

 

O Cantinho de adopção, hoje apresenta-vos o gatinho Flecha, que foi devolvido por se comportar como um bebé!

 

Antes de uma pessoa adoptar, um animal neste caso um gatinho, deve ter a consciência que está a adoptar um ser vivo com sentimentos e não um objecto, que facilmente troca, quando percebe que não era aquilo que queria.

Quando se adopta um animal é como se fosse uma criança, pois a sua vida vai depender de nós, temos que o educar, amar e ter muita paciência!

 

O Flecha foi adoptado ao Projecto Amor Animal, que pensava que tinha encontrado uma casinha para o Flecha, que foi resgatado de uma ninhada da Ramada.

 

"Este menino, o Flecha, é da 2ª ninhada da Ramada.
Infelizmente por vezes conseguimos ser enganados redondamente.
Este bebecas foi adoptado por uma família que sempre teve gatos e sempre os tratou muito bem. Até agora. Contudo parece que um dos membros da família não gostou muito do comportamento típico de bebé, e uma das crianças tinha medo dele.
Falamos e falamos, tentamos fazer as pessoas pensar na responsabilidade e que tenham a noção do que tudo implica, e mesmo assim há casos destes.

Pois é, os bebés são enérgicos e são traquinas. São BÉBES. Qual a dúvida??

Enfim, este amor para nós voltou e está em FAT (família de acolhimento temporário) a aguardar por uma FAMÍLIA Responsável que o queira amar.

A Adopção implica a assinatura de um termo de responsabilidade e compromisso de esterilização logo que atinja a idade.

O bebecas está muito tristonho, pelo que gostaríamos que fosse o mais rápido possível para uma casa definitiva. "

Para conhecerem ou saberem mais informações sobre esta ternura é favor contactar directamente o Projecto Amor Animal, através:

www.facebook.com/projecto.amoranimal
projecto.amoranimal@gmail.com

Contacto: 910721964

Como ajudar:
IBAN: PT50 0023 0000 45474786214 94
SWIFT: ACTVPTPL

Zona: Lisboa

Na hora de alimentar os nossos gatos

Imagem relacionada

 

 

Deve ser apenas uma pessoa a fazê-lo, porque só ela saberá a quantidade e a hora a que o fez, e se é, ou quando é, suposto fazê-lo novamente.

Se for mais do que uma pessoa na casa a tratar dessa tarefa, pode acontecer uma delas alimentar quando não devia, ou ver os comedouros vazios e achar que ainda ninguém colocou ração quando, na verdade, já colocaram e já foi comida.

Dúvidas felinas!#3

FOTO Rubrica.jpg

 

Hoje, quero falar-vos sobre o acne felino, muitas pessoas desconhecem que existe o acne felino, até eu desconhecia até há uns anos atrás o veterinário ter diagnosticado ao Puma.

 

É uma doença de pele, que afecta o queixo dos gatos, quando o Puma foi adoptada reparei que tinha uma manchinha negra debaixo do queixo, pensei que fosse sujidade, mas a macha com o passar do tempo, foi aumentado, ao olhar mais de perto, o acne felino são pequeno ponto pretos, podendo evoluir para apresentar espinhas ou para inflamações mais graves, convém estarem atentos, a qualquer alteração.

Esta doença, não é contagiosa e pode ter várias causas, tais como:

 

  • Alteração do ciclo do pelo
  • Maus hábitos de limpeza
  • Stress
  • Predisposição a seborreia
  • Produção anormal de sebo
  • Imunossupressão
  • Infecções virais crónicas concorrentes (ex. FIV, FeLV)
  • Distúrbios hormonais
  • Secundário a Malassezia ou Pasteurella
  • Alergia de contacto

 

 

acne2.jpg

 

acne-felino2.jpg

Casos mais grave de acne felino.

 

Se desconfiarem, que o vosso gatinho tem acne felino, convém lavarem primeiro o queixo com água morna e vão passando com algodão para limpar a zona afectada, pode ser simplesmente sujidade, observem o queixo nas próximas semanas e se virem que persiste convém ir ao veterinário, para ser observado.

Na altura comprei Clorohexidina, aconselhado pelo veterinário para limpar o queixo, podem comprar nas farmácias ou nos veterinários é aplicada diluída em água morna, na zona afectada, vão limpando com algodão até o queixo ficar limpo.

 

Curioso, é que ao fim de alguns anos o acne do Puma melhorou, mesmo sem ter repetir muitas vezes a limpeza do queixo. O vosso gatinho, apresenta estes sintomas?

 

PS: Esta rubrica é baseada em experiências pessoais, com o intuíto de ajudar quem também tenham gatinhos! Se tiverem algum dúvidas, deixem uma mensagem na caixa de mensagens do Clube e o vosso email, para vos responder, contamos com a vossa ajuda, para ajudar o maior número de amantes felinos!

Era uma vez um frango do campo

Venho vos contar das primeiras histórias e aventuras da minha Luna.

WP_20181022_15_08_40_Pro.jpg

Esta felina, fez uma partida que até hoje dá-me vontade de rir mas não devia rir 

Uma bela noite, acabámos de jantar, a Luna tinha chegado à poucos dias para nossa casa e não sabiamos o que ela era capaz. Deixámos a mesa de jantar ainda por levantar e ficou o resto de um frango do campo assado em cima da mesa. Saímos de casa porque tinhamos que ir a casa de uns vizinhos. Quando voltámos... ui lá se foi o frango.

Encontrámos o frango meio roido pelos dentes da mais pequenina membra da família, a gatinha Luna. Como a nossa outra gata mais velha nunca fez uma coisa destas, estávamos mal habituados, ainda não sabiamos o que uma gata mais traquinas seria capaz. A nossa Tita era uma santa e nós não sabiamos, foi ai que descobrimos a verdadeira rabina que tinhamos agora em casa, a Luna lunática....

E pensam o quê que ela só fez isto, opá já me destruir quase parte de móveis e obejectos cá de casa mas enfim eu adoro-a