Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Verídico mesmo

Vou contar um “episódio” que espero não estar alucinada nem crente de uma ilusão. Sempre ouvi dizer que cada “cor” de gato dará um tratamento para o ser humano. Se não for assim como se diz, queiram-me desculpar. Ainda ontem acordei para ir trabalhar com uma terrivel dor na barriga, estômago disse para comigo, mas lá fui trabalhar. Incomodada pelos simples gestos que fazia durante o dia todo e por conversa com uma colega conclui que tinham sido dos ovos porque eu tinha comido bacalhau à brás. Cheguei a casa, jantei uma carne assada com molho de tomate e esparguete e nem vi a novela, adormeci até ao dia seguinte. Reparei que na posição que adormeci e o Jonas “colado” à minha barriga, assim acordei. Ainda afirmei a mim mesma que eu tivesse cuidado que ao mínimo ia-me doer a barriga. Mas não, até agorinha. Yupiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! Obrigada Jonas.

E se o teu gato de repente começar a urinar às pinguinhas isso é...

... um tremendo susto.

Jaqui foto.jpg

 

Foi o que se passou sábado passado.

Tinha acabado de regressar a casa, por volta da hora do almoço e dei com o Jaqui a ir à sua sanita. Até aqui nada que me fizesse suspeitar de que algo de errado se passava. Só o facto de ele não ter tapado a areia como é costume dele é que me despertou a atenção.

 

Para quem não conhece o Jaqui... qualquer semelhança entre ele e uma retroescavadora em modo descontrolado... é pura coincidência. Ah se há bicho que gosta de cavar na areia à procura de um tesouro perdido.... é ele. E se algum dos "coleguinhas" deixa mal tapado o serviço o senhor gato vai lá, confirma, passa multa e ainda acaba a obra!

 

Ora, não o ter ouvido nas suas deambulações escavatorias... alertou-me. Isto uma vez, outra vez e outra vez...

Mas o que se passa com o bicho que não sai da porta da casa de banho? (onde está uma das sanitas deles) Pensei...

Alertada, numa dessas n idas num espaço de 40 minutos, dou com ele e confirmo que o que ele lá ia fazer e sempre com urgência... era um pinguinho de urina de cada vez. Saía e ia logo limpar-se.

 

E assustei-me.

 

A primeira coisa que me ocorreu à mente foi que isto poderia ser uma infecção urinária. E se for de origem bacteriana? Tendo eu outros 3 gatos já estava a ver no que isto ia dar... Quatro gatos com problemas urinários todos ao mesmo tempo.

 

Mais uma vez... vou de escantilhão para o hospital veterinário. 

 

Só posso dizer que o gato foi visto, observado e analisado da ponta da orelha à ponta da cauda, como aliás de sempre que lá vou eles são observados. Análises ao sangue para ver como estavam os parâmetros renais. Cretatinina dentro dos parâmetros normais! Logo, os rins estavam bem. Restava-nos a hipótese de ser uma infecção bacteriana. O meu maior receio. Mas para se confirmar teria de ser feita uma colheita de urina e depois esperar pelos resultados. 

 

Vamos a isso.  Ou íamos a isso. Vai uma primeira tentativa. Nada. Aguardar na sala de espera. Nova tentativa e nada.  Duas ecografias à bexiga e o maroto não tinha urina para recolha... e agora? Esperar novamente na sala? Da primeira para a segunda, a eco dava a indicação de que pouco ou nada a bexiga dele "crescera"... 

 

Resolveu-se, numa primeira fase medicar para as dores e dar anti-inflamatório. Por muito colaborante que estivesse, já estava a ficar maçado. Para não o stressar mais voltámos para casa com mais medicação, um diagnóstico de cistite aguda (post mais detalhado - em breve) e com a indicação de no dia a seguir (ontem) reportar feedback à veterinária. Caso continuasse com a mesma sintomatologia teria de ir fazer a recolha de urina. 

 

Felizmente, até ao presente momento está melhor, não voltou a procurar a sanita com a urgência como a de sábado passado e das vezes que vai...

Voltei a ouvir o Cantar da Areia!

 

Temas relacionados

Os gatos e as infecções urinárias

Ração húmida... Prevenção de Doenças

Incontinência urinária

 

 

Dois já voltaram

dois26janeiro.jpg

Não sei se o regresso é definitivo, uma vez que janeiro ainda não acabou, e pelos meus registos, o ano passado, só regressaram no inicio de fevereiro, mas o Oreo Ribatejano e o Alone estão de volta. Enquanto o primeiro está imensamente gordinho, o Alone emagreceu...

areo26janeiro.jpg

Os gatos e o mês de janeiro

Já o ano passado foi a mesma coisa, os gatos do meu bairro, desaparecem em  janeiro. Cheguei a pensar que o Alone, tinha desaparecido para sempre, embora, sempre me lembro de ouvir as pessoas mais antigas dizerem, que janeiro é o mês dos gatos andarem atrás das gatas, e por isso desaparecem na sua zona e andam por aí desnorteados.

 

Este ano voltou a acontecer, não sei deles.  Entretanto um dia destes, vinha de carro e vejo ao pé de um supermercado, um gato, disse pro meu filho: "Olha só quem está ali, é o Alone". Ao que ele respondeu. "Aqui!? Não é ele"!

 

Só que, ele - o gato, também me reconheceu,  a mim ou à viatura, então atravessou a estrada e veio ter comigo ao estacionamento e fez-me uma festa. Miava imenso, fome talvez! De seguida, já estava acompanhado, por uma gata, talvez, não pedi identificação.

20190125_144349.jpg

Ontem,    tive de voltar aquele supermercado, e lá andava ele, com outros gatos, certamente gatas, e até já lhes tinham dado comida. Pedi-lhe para voltar para o território dele.

 

Sim, eu eu falo com ele e sei que ele me entende.

  • Blogs Portugal

  • Pág. 1/4