Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Os gatos também podem sofrer de Vitiligo?

Sim, podem!

20997.jpg

(Insta @elli.vitiligo)

 

Esta é a Elli. Na primeira foto, e na segunda também. 

Três anos separam ambas as fotografias, e uma doença chamada Vitiligo a que, talvez, estejamos  habituados a ouvir falar em pessoas, mas não tanto em gatos.

 

No entanto, também eles podem ser afectados, embora na sua espécie seja considerada uma doença rara.

Não há uma causa defenida, sabendo-se apenas que, por norma, costumam ser os gatos siameses os mais afectados.

 

O que acontece é que começa a haver uma deficiência de melanina, responsável pela cor e protecção, e a cor começa a desaparecer do pelo, ficando o animal com dava vez mais manchas e pelos brancos.

Assim, tal como acontece com os gatos de pelo claro, é necessário protegê-los da exposição solar excessiva.

 

Não existe tratamento para a doença, mas a mesma não afecta de forma negativa o animal, por isso, à excepção da protecção, nada mais há com que o dono se preocupar.

 

E digam lá que a Elli não continua tão, ou mais bonita, com o seu novo pelo! 

 

 

Sentido de oportunidade felino

154955251_2124297674374267_3523069072267749889_o.j

 

Hoje foi mais ou menos assim!

A uma hora de me levantar, D. Amora vai comer.

A 45 minutos de me levantar, anda a brincar no corredor.

A meia hora de me levantar, sou obrigada a levantar-me porque a Becas lhe está a morder. Volto para cama.

A 5 minutos de me levantar, D. Amora chega ao quarto, disposta a subir para a cama e usufruir do momento de preguicite habitual, em cima de mim.

 

A diferença é que nos outros dias isto se processa mais cedo, e temos ambas mais tempo para isso. Hoje, não deu!

 

 

Pág. 4/4