Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

O Luto por um aninal de estimação

   

Quem ama os seus animais sabe que a partir do momento que entram na nossa casa passam a fazer parte da nossa família.

Eu tenho animais desde criança e a sua perda é sempre dolorosa.

Existem pessoas cuja única família são os seus animais,  os companheiros do dia a dia e de uma vida.

Há quem diga " É só um animal!", mas para quem os perde passa por um processo de luto por perda de um membro da familía.

O livro " O luto por animal de estimação" é um guia que procura ajudar as pessoas a ultrapassar a sua dor:

Sipnose:

"Quando um animal de estimação entra na nossa vida, fá-lo incondicionalmente, passa a fazer parte da nossa família. É por isso que a sua morte nos abala de forma tão profunda. As emoções provocadas por esta perda são difíceis de verbalizar e de superar. É uma dor silenciosa, solitária e frequentemente incompreendida.

Neste guia para o luto de um animal de estimação, Millie Jacobs recorre a testemunhos de pessoas que passaram por uma dor semelhante, à sua própria experiência pessoal com animais, bem como à sua experiência profissional no processo do luto.

A autora apresenta-nos um programa de 31 dias, ao longo do qual acompanha os donos - incluindo as crianças, a quem dedica um capítulo específico -, ajudando-os a lidar com as emoções, a ultrapassar a perda e a honrar os nossos companheiros."

A história da gata Shakira

FB_IMG_1668285137420.jpg

Foi através da associação Entregatos que tomei conhecimento da historia desta linda gatinha de 10 anos de idade.

Uma senhora por estar grávida e devido ao medo da toxoplasmose, pediu à associação para ficarem com a gata. Acho que ainda existe uma grande falta de informação a este respeito, e tanto médicos como veterinários deviam de informar melhor as pessoas.

A gatinha foi entregue, sem estar vacinada, chipada e esterilizada. A associação ainda tentou explicar que com os devidos cuidados a gata não representava perigo, mas não surtiu efeito.

Agora, imaginem o impacto que esta mudança não provocou à gatinha, mudança de lugar, de cheiros, de pessoas. Uma gata que agora ia deixar de ser a "dona" do seu espaço e ter de o dividir com outros, ou ficar numa jaula. Uma gata que não percebeu porque a sua família a deixou.

A gatinha começou a ficar deprimida e doente. Tudo foi feito, pela associação, pelo veterinário. Até ia levar uma transfusão de sangue. Mas ela desistiu, entregou-se, deixou de lutar e partiu! Não entendeu que aquelas pessoas a iam cuidar e ajudar a encontrar uma nova família.

Tadinha, morreu de desgosto! Tão triste! Quem acompanhou este processo, e gosta de animais, de certo que se sentiram tristes, tal como eu!

Doce Shakira, agora já não sofres! Esperemos que sirva de lição para esta família e outras!

Gostaria de vos apresentar a Joaninha

SquarePic_20221109_19044215.jpg

A gata Joaninha é uma guerreira. Está num local, onde gente má a tentou envenenar. Os seus amiguinhos e irmãos não sobreviveram, mas ela deve ter um anjo da guarda. Apenas tem a companhia de 4 gatas adultas, o que já não é mau. O seu dono está ausente e não a pode proteger e como sempre foi livre, não é mansa. Talvez essa característica a faça mais esperta e desconfiada.

Tenho esperança que seja resgatada em breve. Até lá, estamos de vigilância. 

Ela tem a ponta da cauda ondulada, não sei se nasceu assim, ou se se entalou.

É triste que ainda existam pessoas com tanta maldade. É um ser tão feliz, parece uma cabritinha a correr pelo campo, a subir pelos telhados. Ela só quer papinha e ser livre.

Não está habituada a estar dentro de casa, e, parece não gostar nada. Tem de se habituar aos poucos para depois seguir para adoção!

SquarePic_20221109_19023946.jpg

SquarePic_20221109_19040916.jpg

SquarePic_20221109_19031456.jpg

Pág. 1/2