Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

4 Anos do Jonas

1461957448974-3 meses.jpgEste gato que hoje faz 4 anos conquistou o meu coração no dia 2 de dezembro quando o fui buscar. Eu não estou nada arrependida e até estou muito grata. Mudou, mudou a minha vida em alguns aspetos como: mais divertidos, mais sorridentes, mais confiantes e até menos mal-humorada quando acordo. Hehehheehe!!! Nos anos dele gostava de lhe oferecer patê mas, ele não gosta ou gostava de lhe oferecer outro alimento mas, ele não gosta. Não importa. Então? Vou-lhe dar mais colinho e brincar mais com ele. Será que ele aguenta? É porque quando brinco com ele a certa altura deita-se porque está cansado. Ele está rechonchudo que até rebola. Já vi que quando ele está no chão e a certa altura vai-se lavar e levanta a para traseira desequilibra-se e pumba, dá uma cambalhota. O “estupor do bicho” está mesmo redondo. Quando estou a jantar escondesse no cortinado e lá fica a mirar-me, “sou a presa”. Já sei, quais, os sítios onde ele se esconde. Já vou fazendo menos, figura de ursa. Um dia quando eu estava a procurá-lo e estava a acabar a minha imaginação dos possíveis lugares onde ele poderia estar, dei com ele na prateleira de um móvel. Larguei a rir. Eu, já tinha, passado por aquele lugar uma série de vezes e ele nada. É um gato que não dá saltos para mobílias, armários e portas. É muito de chão. Posso estar no sofá e às vezes tenho que o chamar para ele se sentar ali mas só, depois de algum tempo é que que ele vem pávido e sereno. A maior brincadeira que ele fica doidão é quando olha para mim e eu a ele, desvio a minha cara e ele dá um passo mas pára quando eu torno a olhar para ele e torno a desviar a minha cara e ele dá mais um passo…estamos assim até ele se aproximar mais e mais até que…salta para onde eu estou e acaba a brincadeira e vai para o meu colo. Como consegui esta brincadeira com ele, não sei. Fomos fazendo e talvez inventada por nós os dois. Quando vou abrir a cama de noite atiro as almofadas e ele salta, nesta altura salta, para tentar apanhá-las. Claro que faço com que não caia em cima dele. A bolinha feita de plástico de um bocado de embalagem ou um papel de papel são brinquedos prediletos dele. Plástico até eu compreendo porque ele com a pata “chuta” e aquilo escorrega. O papel desde pequeno que nós lá em casa fazíamos uma bolinha e atirámo-la para ele brincar. Por isso ainda agora quando estou a arrumar alguma coisa e amarfanho um papel, ele põe-se logo pronto para a brincadeira. Estas são algumas peripécias que o Jonas e da dona. Muitos parabéns Jonas!!!

  • Blogs Portugal

  • 7 comentários

    Comentar post