Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

A Becas está internada

129252564_2894712380800887_7269321552922175623_o.j

 

Sabemos que algo não está bem quando a Becas, a madrugadora da casa, que se levanta primeiro que toda a gente, permanece na cama, mesmo depois dos donos estarem de pé.

Ao início, achámos que era por ter frio, e sentir-se ali quentinha.

Depois, ouvimo-la vomitar.

Estava murcha.

Peguei nela ao colo. Andei a passeá-la pela casa. Encostei a cabeça ao corpo dela. O coração batia a mil à hora, mas ela nem se mexia. Experimentei levá-la perto da janela. Não mostrou vontade de saltar para lá. Sentia-se bem no colo.

Como tinha que me despachar, deixei-a novamente na cama. Deitou-se logo. Tapei-a com a mantinha.

Continuava muito murchinha. Mal abria os olhos. Até a Amora estranhou.

Custou-me imenso deixá-la lá sozinha.

 

Entretanto, o dono chegou a casa e ela continuava na mesma.

Ligou para o hospital e aconselharam a levá-la, para a observarem.

Teve que ser sedada para poderem fazer Rx.

As análises estão normais.

O Rx acusou dilatação e presença de líquido no estômago e no intestino. 

Fizeram ecografia. Aparece a parede do intestino mais espessa que o normal.

Tudo compatível com a presença de um "corpo estranho".

 

Para despistar, ficou internada em observação, a fazer medicação, e será reavaliada ao final do dia, para ver se o resultado da ecografia permanece igual, ou se o tal "corpo estranho" desapareceu e tudo está a voltar ao normal.

Esperemos que sim.

 

Se os resultados continuarem iguais, ou o "corpo estranho" é algo que ela engoliu (acho estranho) e tem que ir para cirurgia, ou é um tumor, e tem que ir para cirurgia. 

Ao fim de quase 5 anos, isto faz-me voltar ao dia em que ela foi internada e teve que lutar pela vida.

Agora, volta a estar internada, com os donos a querer acreditar no melhor, mas já preparados para as más notícias que possam aí vir.

 

Só logo à noite saberemos mais. Até lá, é esperar, sem desesperar...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.