Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Adotar é um acto de amor, mas principalmente de responsabilidade

Custa-me que já por diversas vezes, me questionem porque não levo os gatos para casa em vez de os andar a tratar na rua. Mas será que a situação vista de fora, torna a coisa assim tão simples!? É levar para casa e pronto!? Daqui a pouco tinha 50 gatos confinados num mini-apartamento, sem as condições mínimas! Se ficassem doentes, se não houvesse dinheiro para os tratar, se não nos conseguimos mexer, se houvesse alergias?

Quando para cá veio o segundo gato, alguém começou a ter mais alergias. Disseram-me "sabes, os gatos pretos dão mais alergia ás pessoas!" Não acreditei e perguntei ao médico, e ele disse que não é por o gato ser preto, é por ser mais um na dimensão do espaço, principalmente porque fazem mais pelos . Percebi que deveria ter ficado apenas com um. Mas o amor que já tínhamos pelo segundo gato fez-nos arranjar uma solução. Mais medicação, uso de bomba! Com tudo isto, vou trazer mais gatos para casa!? As pessoas não sabem, então porque julgam? Porque querem opinar!?

Certa vez, fui à farmácia pedir alguma coisa para um gatos de rua, expliquei a situação, e ao invés de me tentarem ajudar, disseram "e porque não o leva para casa?" Então se eu tivesse essa hipótese não teria feito? Era preciso um desconhecido me dar a ideia!? Já para não falar de por em risco a saúde dos que tenho em casa!

De outra vez foi no supermercado, porque estava a comprar comida para eles, também me perguntaram "se gosta assim tanto deles e se preocupa, porque não os adopta!?"

Ainda há pouco tempo, a mesma questão, na rua, quando os alimentava...

Será que estas pessoas têm síndroma de Noé!?

Espero que tenha colocado as pessoas a pensar no assunto. Cada um ajuda como pode. Não dá para salvar todos os gatos, mas dá para ajudar muitos deles. Alguns deles são silvestres e dificilmente seriam felizes num apartamento, outros, talvez adorassem a ideia. Mas não é possível!

Pelo menos eles sabem que podem contar comigo para alimentação, proteção, cuidados e o que mais for preciso!

juht.jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.