Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Mais um ano com férias em família

Quando só tinha um gato, acho que era mais fácil, apesar de no ano passado, ter sido o Riscas, quem mais miou no regresso.

IMG_20190818_102329.jpg

Para que tudo corresse bem,  fui à clínica veterinária, e comprei um spray calmante que se põe na transportadora.

 Tínhamos feito cerca de 10 minutos, quando o miar do Rafael começou a ser muito estranho. O meu filho aflito por ver o gato de boca aberta e língua de fora... até que vomita. Paramos assim que foi possível. Limpei aquilo. Tirei a mantinha que tinha o cheiro do spray. Mais á frente voltou a vomitar. Era só uma espuma branca, porque aconselharam a que eles ficassem três horas sem comer.

Lá seguimos viagem, sempre entre miados. Um stresse, principalmente para o Rafael.

 Ele nunca tinha vomitado.

Já em casa, limpei-o com toalhitas. Acalmaram. Nesse dia chegamos por volta das 16h ficamos em casa. 

O Riscas foi explorar a casa e ao subir para cima de um roupeiro, desequilibra-se, cai e fica coxo e por isso agressivo, talvez por causa da dor.

Depois ainda houve um dia que o Riscas ficou com diarreia, que entretanto, logo passou.

IMG_20190818_090237.jpg

Nos primeiros dias, eles pareciam não se conhecer, pareciam inimigos, o Riscas assanhava-se ao Rafael e depois lá vinha briga.

Nos últimos dias voltaram ao normal.

Na viagem de regresso, (desta vez, não usei  o spray)  nos primeiros 10 minutos, o Rafael volta a vomitar.

Só vomitou uma vez, mas miaram o tempo quase todo.

Chegados a casa, tudo voltou ao normal.

Concluo que o Rafael enjoa em viagens.

Este ano eu tinha alguém para vir cá a casa todos os dias, dar comer, limpar WC, verificar se estavam bem. Mas o meu filho disse: "eles são da família, não os vamos deixar para trás!"

Depois disto, acho que até ele percebeu, que para os gatos, é um stresse a viagem, a mudança, a quebra da rotina. 

Foram apenas 6 dias, mas creio que assim, prefiro ficar por casa, mesmo que isso signifique ficar sem algo que tanto gostamos, como uns dias de praia e de cheiro a sal.

  • Blogs Portugal

  • 13 comentários

    Comentar post