Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Quando os gatos vomitam

 
Existem alguns motivos plausíveis para os nossos gatos vomitarem, sem que isso pode significar, obrigatoriamente, que estão doentes.
 
A lavagem diária
Gato que não faz várias vezes ao dia a sua limpeza e higiene pessoal, não é gato! Eles lambem-se todos os dias, e várias vezes ao dia. Neste processo, para lavar o pêlo e tirar os cheiros que atraem possíveis predadores, acabam por engolir muito pêlo. Como não é digerido, ele tem que ser expelido através do vómito, que conhecemos por "bolas de pêlo".
 
Depois de comer ervas
A erva é um óptimo purgante e, sempre que os gatos precisam de vomitar, para expulsar algo que não pode continuar no seu organismo, eles comem ervas, que lhes provoca o vómito!
 
Por gula
Quando os gatos comem muita ração seca de uma vez, e logo depois bebem água em demasia, tendem a vomitar em seguida. A água faz a ração dobrar de tamanho dentro do estômago, que costuma ser muito pequeno. 
 
 
De qualquer forma, e antes de mais, é importante fazer a distinção entre vómito e regurgitação.

 

Regurgitação

A regurgitação, ou a expulsão pela boca do alimento ingerido se se encontra no esófago, pode ocorrer quando o gato come depressa e engole a comida quase sem mastigar, ao mesmo tempo que ingere muito ar. O esófago é um tubo estreito que tem como função transportar o alimento até ao estômago. Quando não o consegue fazer, o alimento fica parado no esófago, levando à regurgitação logo após a ingestão. Nesses casos, o alimento sai não digerido, muito parecido com o que acabou de comer, não tem cheiro forte e pode ter o formato de um tubo (formato do próprio esófago). É provável que os gatos comam tudo novamente, e ajam como se nada tivesse acontecido.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.