Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Veterinários municipais defendem o regresso do abate de animais

Sem Título.jpg

 

Quando vi esta notícia, pensei que só poderia ser uma piada.

Infelizmente, não é.

 

Ao que parece, o objectivo é combater a sobrelotação dos abrigos e canis, e poupar os animais a uma vida inteira, passada nestes espaços, sem uma família.

Assim, todos os animais que, por azar, forem parar a estes abrigos ou canis, que supostamente os deveriam proteger e deles cuidar, e que não sejam adoptados num determinado prazo, serão abatidos.

Pergunto-me eu: Isto não é, também, uma crueldade? Tira-se a vida a um animal, só porque durante aquele tempo ninguém quis ficar com ele? Ainda que um mês, ou um ano depois, até houvesse alguém que o levaria para sua casa?

Voltamos àquela ideia macabra de que os canis ou abrigos são matadouros, locais a evitar e pobres daqueles que forem lá parar, que têm os dias contados.

 

É injusto.

Os animais não têm culpa.

Culpa, têm aqueles que os abandonam, que os maltratam, que os entregam neste sítios.

Culpa tem quem não assume as responsabilidades pelos seus animais, e quem ainda não conseguiu fazer cumprir as leis como seria de esperar.

Culpa tem quem prefere apostar em soluções condenáveis, em vez de apostar na prevenção.

Culpa têm aqueles que investem rios de dinheiro em coisas que não fazem falta nenhuma, mas não são capazes de criar espaços onde estes animais possam ficar, pelo tempo que for preciso.

 

Mas os animais? Esses são inocentes.

Inocentes que, por força das circunstâncias, se veem nas mãos e à mercê de quem acha que tem o direito de lhes tirar a vida, por falta de espaço. Por quem acha que pode decidir o seu destino.

Se é justo um animal passar toda uma vida num canil? Não!

Da mesma forma que não é justo uma criança passar a sua vida em orfanatos, sem ninguém que a queira adoptar. E então, só por isso, vai-se matar a criança, para lhe evitar esse "sofrimento". Porque os orfanatos estão a ficar sobrelotados, e é preciso dar lugar a novas crianças, matando as que lá estão há mais tempo?

Vamos matar as pessoas que estão há muito tempo nos hospitais, sem melhorias, porque é preciso dar lugar a quem chega agora e precisa?

Vamos matar os idosos que estão nos lares, porque há cada vez mais idosos, e menos espaço para os acolher, levando à criação de lares ilegais, onde vivem sem condições e dignidade?

 

O que estão a querer dizer é que, por exemplo, os animais que agora foram salvos do incêndio e estejam em canis, se não forem adoptados, vão ter mesmo como destino a morte?

É esta a lei que protege os animais?

 

 

 

foi no dia 15

de Setembro de  2010 que adoptei  a Kat , tinha ela um mês de vida.

E 9 anos passaram, continua linda e malandra.

Está a chegar o frio, lá virá ela sentar-se nas minhas pernas enquanto eu vejo televisão, à noite.

Nunca me arrependi de a ter adoptado, mas são muitas as preocupações que me dá quando estou fora de casa por alguns dias.

1569156980626.jpg

 

O Cantinho da adopção!#72

 

O Cantinho de adopção voltou após alguns meses de ausência!

Tenho muito orgulho nesta rubrica do nosso Clube de Gatos do Sapo.

Tentei várias vezes contactar várias associações. A Marta também o fez!

 

A fim de averiguar se estariam interessadas em mandar informações sobre os gatinhos que tinham para adopção. A ideia era publicar no Cantinho de Adopção, para aumentar as suas hipóteses de adopção .

Infelizmente, tivemos como resposta o seu silêncio...

 

Os posts que publicava eram todos com os gatinhos do Projecto Amor Animal. Foi de onde vieram a minha Fénix e Puma.

A voluntária Rute Sousa do Projecto, teve por motivos pessoais teve que fazer uma pausa nos resgates e esterilizações. Foi esse o motivo da ausência destas rubrica.

 

 

 

Mas hoje o Cantinho de adopção volta, para vos apresentar uma gatinha amorosa a Mimi!

 

 "Mimi é a última bebecas que falta ser adoptada, da última ninhada da Ninja.

Ela viu todos os seus irmãos seguirem para uma nova casa e nova família, e viu-se ficar para trás.

Terá agora cerca de 3,5 meses. Está vacinada, chipada e desparasitada.


É muito assustada. Qualquer desconhecido e qualquer barulho a assusta.
Infelizmente temos este efeito negativo sobre os animais. Porque será? 

A Mimi também merece ter uma boa família.
Precisa de alguém que lhe dê o tempo que precisa, e todo o carinho que merece, para se adaptar.
Depois, é só ouvir os ronrons maravilhosos, e vê-la super satisfeita com os nossos miminhos.

Está habituada a outros animais, como cão e coelho.
A Mimi adora outros gatos."

 

 
"Aliás, a Mimi é extremamente dependente de companhia de outros gatos. Tudo o que ela quer é um mano felino. Está, por isso, a sofrer muito agora.
Terá de ir para uma casa onde já tenha mais algum gato.

Alguém disposto a dar-lhe uma oportunidade?
Não a vamos deixar para trás, por favor.

Encontra-se em acolhimento temporário em Odivelas. "
 
Quem quiser obter mais informações da Mimi ou conhecê-la é favor contactar o Projecto Amor Animal:

Zona: Lisboa / Odivelas
Contacto: 916486910
projecto.amoranimal@gmail.com

Como ajudar:
IBAN: PT50 0023 0000 45474786214 94
SWIFT: ACTVPTPL
Descritivo: Colonia Ramada

 — com Carolina GarçãoBeatriz Matos.

 
 
 
 

 

Os benefícios da dupla (ou múltipla) adopção felina

Imagem relacionada

 

Foi o tema apresentado pelo Clube de Gatos do Sapo no Pet Festival, no passado domingo.

 

 

 

Mas, afinal, quais são os benefícios de uma dupla, tripla ou múltipla adopção?

 

O que nos vem logo à mente, quando se fala neste tema, é que mais do que um gato implica mais despesas, mais preocupações, mais disponibilidade da parte dos donos, mais espaço, e por aí fora.

Mas quem optou pela adopção de vários gatos, sabe que todos estes entraves não são exactamente como os imaginamos, que muitos são verdadeiros mitos e, sobretudo, que aquilo que eles, e nós, temos a ganhar, vale muito mais que as eventuais desvantagens que possam existir.

 

 

 

 

 

Imagem relacionada

 

 

Assim, aqui ficam alguns desses benefícios, tanto para os próprios felinos, como para quem deles cuida:

 

  • ao adoptarmos mais que um gato, estamos a salvar mais que uma vida
  • temos alegrias multiplicadas, proporcionadas por eles
  • fazem companhia uns aos outros, não se sentindo tão sós quando os donos estão fora, e é mais companhia para nós também, quando estamos em casa
  • podem brincar uns com os outros, sem se sentirem entediados ou aborrecidos, e sem dependerem tanto de nós para a brincadeira
  • aprendem uns com os outros, e ajudam-se entre si
  • tendo personalidades diferentes, podem complementar-se entre si
  • aprendem a respeitar o espaço um do outro
  • aprendem a partilhar
  • no inverno, podem dormir juntinhos e aquecer-se
  • estando entretidos, é provável que comam menos ao longo do dia, algo que aconteceria com um gato único, sozinho e sem mais nada que fazer, entretendo-se a comer
  • se algo acontecer com um deles - se estiver fechado, desaparecido, doente, em apuros - os restantes podem dar o alerta aos donos
  • no caso de haver um gato com algumas limitações físicas ou psicológicas, a presença de outro pode estimular ou funcionar como terapia

 

E por aí, quem vive esta experiência, quer acrescentar mais algum benefício à lista?

 

 

 

 

 

 

 

O Cantinho de adopção! # 70

 

O Cantinho de adopção, apresenta-vos o brincalhão James, digam lá que não é irresistível?

Este menino é grande, mas tem menos de 5 meses e adora brincar e é meigo, infelizmente as pessoas preferem os gatinhos bebés, mas será que esta fofura não tem direito a um final feliz?

 

A minha Fénix foi adoptada com 6 meses e o Puma, já era adulto, ambos casos dificeis, mas que eu quis dar a oportunidade de ter uma casa, onde eram amados e hoje são uns mimados!

 

O James foi resgatado, doente está a fazer tratamento aos olhos, apesar de ter melhorado muito, num dos olhos rebentou uma úlcera, por isso o seu olho direito é diferente, mas será que só por isso, não tem direito a ser amado e ter uma família?


Ele está pronto para conquistar um coração bondoso, que esteja disposto a dar-lhe um amor incondicional, quem que se apaixona por este menino?

 Ainda não confia o suficiente para experimentar uma coisa que chamam de colo, mas tenho a certeza que com amor e paciência, vai voltar a confiar num humano.

Ajudem-no a sair da jaula e a viver numa casinha..

 

Para conhecerem ou saberem mais informações sobre esta ternura é favor contactar directamente o Projecto Amor Animal, através:

www.facebook.com/projecto.amoranimal
projecto.amoranimal@gmail.com

Contacto: 916486910

Como ajudar:
IBAN: PT50 0023 0000 45474786214 94
SWIFT: ACTVPTPL

O Cantinho de adopção! # 69

 

 

 

O Cantinho de Adopção, regressa ao Clube de Gatos do Sapo, para vos apresentar uma menina muito doce, a Elsa!

 

A Elsa é uma gatinha novinha, cerca de 5 mesitos apenas, que foi resgatada de uma colónia de rua, pelo Projecto Amor Animal.

Esta doçura é demasiado meiga e fofa para o seu próprio bem e as voluntárias, não conseguiram deixar á sorte, visto não ir sobreviver á crueldade de determinadas pessoas e aos perigos da rua, muito provavelmente foi mais uma vítima de abandono...

 

Esta menina linda está para adopção muito responsável, com uma família que a acolha para sempre e dê todo o amor e carinho, que merece.

Quem se quer candidatar a este amor? Boa sorte, Elsa!

 

Para conhecerem ou saberem mais informações sobre esta ternura é favor contactar directamente o Projecto Amor Animal, através:

www.facebook.com/projecto.amoranimal
projecto.amoranimal@gmail.com

Contacto: 916486910

Como ajudar:
IBAN: PT50 0023 0000 45474786214 94
SWIFT: ACTVPTPL

 

a nova família dos gatinhos

IMG_4719.JPG

Quinta-feira de manhã, parti de Braga em direcção a Vila Franca de Xira para entregar os dois gatinhos à família que muito ansiava por eles.

Custou-me de mais tirá-los da mãe.

Mal meti a gatinha na caixa transportadora, fiquei de coração triste, ela miava muito.

Um dos gatos pretos estava  encostado à mãe gata, não sabia se era este o macho ou a fêmea, peguei nele, para ver se era o macho, fiquei na dúvida porque o pêlo preto enconbria a seu orgão genital, eis que o meu cunhado apareceu da sua caminhada matinal,  pedi que segurasse nele enquanto eu pegava no outro, que fugia de mim, para ter a certeza de que levava o gatinho adoptado.

Era, sim, o macho que estava com a mãe ( parecia que estava a despedir-se da mãe) meti-o na caixa. Miavam imenso, doía-me o coração tirá-los à mãe.

A gatinha encostou-se, assustada, ao canto da caixa, o gato preto, olhos bem abertos, estava mais tranquilo. Ia falando com eles, os meus dedos serenamente batiam no tampo da caixa para os sossegar.

Segui para a estação, no carro não paravam de miar.

Mal entrei nela, ainda faltavam 30 minutos para o comboio partir, um casal de brasileiros viram a caixa transportadora

"ui, que lindos gatchinhos! para onde vão seus gatchinhos?!"  Expliquei que iam viajar até perto de Lisboa, que iam ter uma bonita família, que eles tinham mais três irmãos que ficaram com a mãe gata. Mais uns minutos de conversa, uma boa viagem, "Deus te acompanhe", foram as palavras que me agradaram ouvir. Eu estava muito, mas muito preocupada com esta viagem que na minha ideia ia ser complicada.

Fui tomar café, todas as pessoas que estavam por ali olhavam a caixa.

Enquanto esperava a hora de entrar para o comboio falava com eles, abria a porta e dava um jeito ao resguardo absorvente, à taça da água, à ração que eles não lhes tocaram em todo o percurso.

Entramos no comboio, voltaram os mios. 

A caixa ocupava todo o meu espaço dos meus pés, o comboio partiu, os gatinhos sossegaram. Até ao Porto, sem ninguém no lugar ao lado, eu ia espreitando-os. A gatinha continuava na mesma posição, nunca levantou a cabeça, estava assustada. O gato, de olho aberto, estava bem.

Foram 3h30 de viagem, que ninguém os ouviu. E eu fiquei tranquila.

Quando parou em Vila Franca de Xira e a jovem estrangeira que viajava ao meu lado se levantou para eu poder sair, senti que o cheiro a cocó que saía da caixa era intenso.

Mal saí do comboio, espreitei a caixa. O resguardo estava sujo e molhado, não da água, que estava intacta, mas de xixi e cocó da gatinha que, com o susto e o medo, não se controlou.

A H veio ter comigo, abraçamo-nos como se nos conhecessemos há muito tempo, foi um momento lindo.

Fomos imediatamente para casa, os filhos estavam à espera de ver os bebés. O gatinho estava inpecável, a gatinha tinha o pêlo sujo.

IMG_4736.JPG

 

A H, foi dar-lhe um banho. A gatinha deixou, e ficou mais calma naquele banho tão bom.

IMG_4738.jpg

 

Depois de  secar, foi desfrutar do espaço que é deles.

IMG_4740.JPG

IMG_4742.JPG

 

Entraram na sua casinha, era vê-los com algum receio porque não era o seu anterior espaço, mas de um conforto único.

IMG_4743.JPG

Saímos de casa, fomos tomar café, uma conversa sobre nós, quase nem dávamos pela hora do comboio da minha viagem de regresso.

A H teve a ideia de irmos a pé, até à estação,  pela via pedonal junto ao Tejo.

Foi, sem dúvida, pouco mais de uma hora que estivemos juntas, mas fiquei muito feliz por que percebi que os gatinhos vão ser muito acarinhados nesta família, e que a H ficou grata por ter oferecido dois belos felinos que vão ser a alegria da sua família.

Entretanto, já recebi vídeos dos dois bebés. Eles estão muito, muito bem.

Obrigada H, foi um raio de sol que entrou na vida destes dois gatinhos.

 

 

 

Procura-se uma família para a Penélope

Foto de Tarecos Da Aldeia.

 

Esta é a Penélope.

Uma tricolor linda como podem ver! 

A Penélope é uma tarequinha da Aldeia, que está em risco eminente de ser morta. Já ameaçaram. Cumprir é o próximo passo.

Por isso, necessita urgentemente de uma família que a possa adotar.

 

Tem cerca de 2 aninhos e está esterilizada.

 

Quem estiver interessado deve contactar, por mensagem privada, as responsáveis pela adoção através da página dos Tarecos Da Aldeia.


 

 

Foto de Tarecos Da Aldeia.

Foto de Tarecos Da Aldeia.

 

Ai, se eu pudesse, ficava com ela...

O Cantinho de adopção! # 66

 

Bom dia, a todos!

 

O Cantinho de adopção não publica há algum tempo, pois as tentativas que eu e a Marta fizemos em contactar várias associações para mandar informações e fotos dos seus gatinhos para adopção, foram infrutíferas pelo menos para mim, a única que me respondeu que estaria interessa, nunca mais me enviou nenhuma informação!

 Todos os gatinhos que eu publiquei quando criei esta rubrica, eram do Projecto Amor Animal, infelizmente por motivos pessoais a Rute Sousa, foi obrigada a parar o seu trabalho de voluntariado, agora aos poucos está a retomar a ajuda, por isso sempre que eu tiver informações sobre mais gatinhos, que procuram uma família e uma casinha cheia de amor, voltarei a publicar.

 

E a princesa que vos quero apresentar hoje é  uma pretinha linda, chamada Luz, não é linda?

 

 

A Luz é uma gatinha bebé que foi encontrada no meio de uma rua, completamente sozinha. Teria cerca de 2 semanas. Teria acabado de abrir os olhos, e já com princípio de coriza.

Houve quem não tenha ficado indiferente, mesmo não tendo qualquer experiência com dar biberão a gatos, mas a vontade de ajudar e não virar costas, falou mais alto.
Foi o suficiente para aguentar a vida desta Luz maravilhosa, até que nos fosse possível ajudar.

Tem mamado bem no biberão, é uma linda comilona, e está a fazer tratamento para o olhinho. 
É uma pretinha lindíssima, com a ponta dos pelinhos brancos, e apenas a pontinha de todos os dedos, brancos.
Linda mesmo!

Terá cerca de 3 semanas, à data desta publicação (29-04-2018) e estará disponível para adopção dentro de cerca de 1 mês.

 

Se quiserem conhecer esta gatinha ou saberem mais informações é favor contactar o Projecto Amor Animal através:

 projecto.amoranimal@gmail.com

 www.facebook.com/projecto.amoranimal

 

Como ajudar:
NIB: 0023 0000 45474786214 94
IBAN: PT50 0023 0000 45474786214 94
SWIFT: ACTVPTPL

Foto de Projecto AmorAnimal.

um mês depois

E por que foi no Clube de Gatos que tive a primeira reacção para a adopção de dois gatinhos que falei neste post, senti que estava na altura de pôr os membros deste Clube ao corrente do mesmo.

Por cuidado, e para que as famílias que os vão adoptar os recebam com saúde, decidi  que devíamos levá-los ao veterinário. Falei com uma das minhas sobrinhas, que concordou, e no passado dia 21, foram pesados, tomaram uma vacina, foram identificados o sexo, são três fêmeas, duas de pêlo beges e uma de cor preto, e dois machos, branco e preto.

IMG_20180425_161028.jpg

IMG_20180425_161112.jpg

 

A gata mãe também foi observada, desparasitada, e estando com peso baixo, foi-lhe dada uma alimentação húmida e outro tipo de ração adequada ao seu estado de amamentação.

Marcamos nova consulta, voltarão no próximo sábado, saberemos se estão prontos para viajarem para as suas famílias. Quatro dos cinco já têm famílias, falta encontrar uma para o quinto, um gato preto.

Ontem, voltei a casa das minhas sobrinhas, dois dos gatinhos são muito brincalhões, os outros três dormiam na mantinha dentro da caixa de papelão.

A gata mãe é um doce. Adora mimos. Tomara que a minha gata fosse tão meiga quanto esta. 

Sempre atenta aos filhotes, pegamos neles com cuidado. Ela sabe que não lhes fazemos mal.

Entretanto, os contactos com as famílias têm sido frequentes, envio fotografias e vídeo para que fiquem ao corrente  do seu crescimento e estado de saúde.

E ontem, recebi um e-mail desta  blogger ,  que me deixou com um sorriso de gratidão, e dizia o seguinte:

 

 

Boa tarde Maria. 

Ontem eu e o filhote construímos uma casa para os bebés. Caixote de cartão com portas e janelas e almofada interior... 
Como vez a expectativa é muita.
Fico a aguardar novidades. 
Beijinhos 
 
 
Para vós, membros deste clube, deixo-vos as fotografias e um vídeo dos cinco gatinhos e da gata mãe.