Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

O Clube de Gatos do Sapo celebra 4 anos de vida

Tudo começou assim, no dia 8 de setembro de 2015!

Desde então, muitos outros gatos entraram, outros saíram, e alguns partiram.

 

 

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

Cerca de um ano depois, o Clube lançou o seu primeiro livro solidário, no primeiro Cat Café existente em Portugal: o Aqui Há Gato, em Lisboa.

Foi aqui que alguns dos seus membros se conheceram pessoalmente!

 

 

 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas 

Em Março de 2017, o Clube foi convidado a participar numa rubrica nova que iria estrear no programa "Juntos à Tarde", na Sic.

 

 

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

Em Junho do mesmo ano, apresentámos o nosso segundo livro solidário "Viagem ao Mundo dos Gatos", no Animal Fest, em Loures.

 

 

 

A imagem pode conter: pessoas sentadas, mesa e interiores

Em Julho de 2017, estivemos na loja Quatro Patas, no Colombo.

 

 

 

IMG_4529.JPG

E a 19 de Agosto desse ano, no Pet & Tea, em Coimbra, a convite do blog Lovecats.pet.

 

 

 

Resultado de imagem para miau magazine n,º 1

Em Janeiro de 2018, demos início à colaboração com a Miau Magazine, a primeira revista dedicada aos felinos em Portugal!

 

 

 

transferir.jpg

E, em Fevereiro de 2019, o Clube participou no Pet Festival, com o tema "Benefícios de uma dupla adopção".

 

 

Ao longo destes quatro anos, ajudámos diversas associações de protecção animal:

Mafranimal

Adoromimos

Tarecos da Aldeia

Projecto Amor Animal

Rafeiros SOS

Agir Pelos Animais

Associação dos Amigos dos Animais Abandonados da Moita

Tico & Teco

Associação O Cantinho dos Gatos

 

 

Tal não seria possível sem a disponibilidade e participação activa dos membros do clube.

Tal não teria sido possível se algumas pessoas não nos tivessem apoiado, acreditado em nós, dado o seu contributo e oportunidade de levar a cabo as nossas iniciativas.

 

Quatro anos e 2085 posts depois, onde partilhámos experiências, curiosidades, dúvidas, receios, ajudas, divulgações, humor, dicas, entre tantas outras coisas, continuamos, apesar das dificuldades que por vezes surgem, com vontade de continuar a nossa missão.

 

Para quem ainda não sabe, temos uma página de facebook:

https://www.facebook.com/clubedegatosdosapo/

 

E um canal no youtube:

https://www.youtube.com/channel/UCiuKN7U2Ab7Ehy5jCk5NJLQ

 

Somos poucos, mas somos como uma pequena família, unida pela paixão comum pelos felinos, pela escrita, pela solidariedade, e pela amizade que foi crescendo entre nós.

E, só por isso, já valeu a pena!

Sou uma privilegiada por ter um gato de rua que me espera todos os dias

Até me podem dizer, que ele só me espera por interesse, porque lhe dou comer, mas eu sei que não é só por isso. Eu a estacionar e ele à espera, depois vai ter comigo, mal abro a porta do carro. Se vissem hoje, a festa que ele me fez, o que ele se roçou nas minhas pernas os círculos que ele fez à minha volta, os miados  que me disse...

alonespera.jpg

É nestas alturas que eu gostava de ter mais condições, uma casa maior. Ele, o Alone, merecia ter um lar, fiz-lhe festinhas e percebi que tem o pelo áspero, está magro... Agora mesmo lá estava ele debaixo da minha janela. Sinto que por vezes ele quer entrar no prédio e vir atrás de mim...

 

Não é fácil, resistir a esta doçura. Mas ele sabe que vou estar sempre pronta a ajudá-lo, a alimentá-lo e a protege-lo!

Amizade com um gatinho de rua...

Não sei se se recordam de ter falado aqui de um gato ou gata da minha rua a quem dei o nome de Alone . Pois bem, o bichano já se sente à vontade comigo, já não foge, já se roça nas minhas pernas e quando me vê, vem logo a correr, pois sabe que não lhe resisto e que lhe dou comidinha...

Aloneagain.jpg

O que me parece é que ele não gosta muito de  partilhar a comidinha, nem de estar acompanhado, daí o nome, Alone...

peqzalmoco.jpg

Mas já me avisaram para ter cuidado ao deixar marcas, como por exemplo, caixas de patê vazias, no jardim do prédio, porque apesar da maior parte da vizinhança cuidar e proteger estes gatinhos, há sempre alguém que é do contra!

Juntos para Sempre - o filme

Já viram o filme? Se não viram, não percam!

 

Resultado de imagem para juntos para sempre filme

Imagem relacionada

 

Depois de uma curta vida, na qual não conseguiu perceber qual era o seu objectivo, o protagonista canino de “Juntos para Sempre” reencarna num Golden Retrivier que, por um acaso do destino, depois de estar bastante tempo fechado numa carrinha e quase a morrer à sede, é salvo por um menino chamado Ethan e sua mãe, que o levam para casa.

Após uma longa negociação com o pai, acabam por ficar com o cachorrinho, que se torna no grande companheiro de Ethan, sempre pronto a defendê-lo, a vê-lo feliz, a brincar com ele. O seu nome passou a ser Bailey. E, para os espectadores, acho que será sempre o Bailey!

 

 

Resultado de imagem para juntos para sempre filme

Resultado de imagem para juntos para sempre filme

 

Bailey e Ethan andam sempre juntos, e o primeiro até dá uma ajudinha ao amigo humano, para conquistar Hanna, com quem começa a namorar. Tudo corre bem até ao dia em que um colega de Ethan, depois de o provocar e ter levado um soco, decide pegar fogo à casa dele.

Ethan consegue salvar a mãe, fazendo-a descer de casa por lençóis atados. Em seguida, desce Bailey, da mesma forma. Quando ele salta, sem qualquer apoio, magoa a perna e os seus sonhos de ir para a universidade com a bolsa total, para jogar hóquei, ficam arruinados. Ethan termina também Hanna.

Uns tempos mais tarde, ele vai para uma universidade estudar agronomia, e Bailey fica entregue aos seus avós, que logo reparam que Bailey não está bem. Na verdade, ele tem os rins em falência, e o seu tempo está a chegar ao fim.

Chorei imenso na despedida, mas logo Bailey reencarnou, desta vez, em cadela!

 

 

Imagem relacionada

Resultado de imagem para juntos para sempre filme

 

Ellie é um pastor alemão fêmea, treinada para ajudar a polícia em várias operações. Vive com o seu solitário companheiro, e vai conseguir chegar-lhe ao coração. Quando as coisas começavam a acalmar, e até nos começávamos a rir, Ellie salva uma menina de morrer afogada e, ao tentar defender o dono que está prestes a levar um tiro, é baleada e morre.

Volto a chorar que nem uma perdida.

 

 

Imagem relacionada

 

Pela terceira vez, Bailey reencarna, desta vez em Tino. E vai fazer companhia a Maya, dando uma patinha para que ela encontre o amor. Com a sua dona casada e com dois filhos, e ainda com mais uma canina em casa, Roxie, Tino fará de tudo para proteger Roxie dos miúdos, servindo de cobaia para todas as brincadeiras.

Mas, ao fin de alguns anos, vê a Roxie partir,para nunca mais voltar. E fica triste. Muito triste...

E acaba por morrer.

 

 

Imagem relacionada

 

Pela última vez, pelo menos a que nos é dada a conhecer como última, Bailey reencarna num São Bernardo, que passa anos acorrentado num quintal, de um casal que não lhe dá a mínima atenção. A mulher, que o levou para lá, deixou de achar piada quando ele começou a crescer.

Ao serem despejados, o homem leva o cão para o abandonar no meio de uma estrada, longe de casa. É então que ele vai parar a um parque, onde parece reconhecer um cheiro familiar.

Em mais um passeio, ele vai parar à quinta dos avós de Ethan, onde se volta, finalmente, a reencontrar com o seu companheiro de outra vida. Claro que Ethan não faz a mínima ideia de quem seja este cão, com que acaba por ficar, batizando-o de Buddy.

Será graças a Buddy que Ethan voltará a reencontrar Hanna, e recuperará o tempo perdido.

 

 

Resultado de imagem para bailey, ellie, buddy

 

No final, Ethan percebe que Buddy é, na verdade, o seu Bailey. E este deixa uma mensagem a todos, após descobrir, afinal, qual era o significado da vida, e o seu objectivo ou propósito nela!

Conheçam as amigas Ruth e Idgie

A amizade, o companheirismo e o cuidado que uma tem com a outras são inspiradores. (Foto: Reprodução/ Jackie Borum)

 

Estas duas meninas, uma gata e uma cadela, foram abandonadas há cerca de 3 anos atrás. A gatinha estava paralisada. A cadela, coberta de formigas. 

Apesar do abandono, no final de uma entrada de automóveis numa zona rural da Flórida, elas tinham-se uma à outra. E a cadela tentou sempre proteger a gata.

 
 
 

 

A cadela é sempre muito protetora com a gata, que possui problemas de locomoção. (Foto: Reprodução/ Jackie Borum)

 

As duas acabaram por ser resgatadas por uma organização e, mais tarde, adoptadas por Jackie Borum, que lhes deu estes nomes, inspirados no filme Tomates Verdes Fritos!

Passaram algum tempo na loja de animais de Jackie, onde faziam as delícias dos clientes. Entretanto, foram viver para casa da sua dona.

Durante todo o tempo, mesmo estando agora em segurança, em nunhum momento Idgie deixou de proteger Ruth, mostrando a amizade que as une.

 

 

 

Foto (Foto: Arquivo)

 

"Quando Idgie ganha um novo brinquedo, a primeira coisa que ela faz é levar para Ruth."

"Toda vez que alguém novo aparece, Idgie verifica primeiro antes de permitir que a pessoa interaja com Ruth."

 

Deixo-voa com o vídeo das meninas: