Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Os abrigos e a placa para a colónia

Mais uma vitória. Passo a passo vamos conseguindo que os bichanos, tenham mais alguma qualidade de vida.

O sr presidente da câmara esteve no local quando inauguramos a implementação dos abrigos e a colocação da placa.

Estamos muito gratas!

Iremos continuar a batalhar, por eles, pelos bichanos!

vitoria.jpg

abrigos.jpg

abrigar45.jpg

coloniaei.jpg

Dia internacional do gato, 8 de agosto

Desde que entrei no mundo dos gatos em 2012, quando adotamos o primeiro gato [apesar de os ter tido em criança], que me envolvi, com o passar do tempo,  em diversas causas para conhecer e ajudar os felinos.

Não me limitei a ficar a cuidar de um gato em casa, que tinha o devido conforto e cuidados, passei a preocupar-me principalmente com aqueles que não tinham, nem lar , nem conforto, nem cuidados.

Comecei a olhar mais para os gatos de rua, uns lá nascidos, outros lá abandonados.

Comecei a seguir associações e admirar o seu trabalho, comecei a perceber a importância da esterilização, das campanhas de adoção!

Percebi que existia uma colónia de gatos mesmo na minha rua, no meu bairro. Comecei a cuidar deles, a alimentar, a colocar recipientes com água, a improvisar abrigos.

Eles, retribuíam indo me esperar à porta, ou ao estacionamento do automóvel, quando chegava do trabalho, pois sabiam que gostava deles, sabiam que lhes daria comida e atenção!

Conheci outras pessoas que aqui fazem o mesmo, partilhamos as mesmas preocupações e lutas! É uma amizade que fica!

Consegui mais tarde a esterilização e legalização da colónia.

Agora, os gatos desta colónia estão mais protegidos e  cuidados. Têm inclusive um nome.  Quando algum se ausente por mais de dois dias, acionamos logo as nossas "antenas", e felizmente das cinco cuidadoras, há sempre [ou não] uma que viu o "desaparecido"!

Não tem sido um caminho fácil, mas é um caminho que gosto de fazer e no qual me tenho empenhado.

É importante que existam estas datas dedicadas aos gatos, [o dia 8 de agosto foi criado em 2002 pela International Fund for Animal Welfare]  pois é uma forma de consciencializar as pessoas, para que respeitem mais estes animais, principalmente os que vivem na rua ou nos abrigos.

Ei-los aqui:

INTERNACIONALCATDAY.jpg

Um feliz dia para todos os felinos!

O intenso calor e os gatos de rua

Os dias têm sido muito quentes. Se o facto se nota nos nossos gatos em casa, mais ainda se nota nos gatos de rua.

Os gatinhos da colónia, da qual, sou uma das cuidadoras, têm estado sob vigilância e temos tido todos os cuidados possíveis.

Logo de manhã deixo água fresca com alguns cubos de gelo, reforço rente à noite. Comida húmida, e incentivar a busca de sombras. Fazemos o que podemos, mas sabemos que sofrem!

Gostaria de pedir, a quem puder, e onde existirem gatos sem donos que deixem água para eles!

Obrigada!

Diapositivo2.JPG

Diapositivo10.JPG

23.jpg

25.jpg

Cuidar, proteger, medicar, alimentar, uma colónia de gatos

Como já aqui disse, sou uma das responsáveis pela colónia de gatos do meu bairro, a colónia dos Chães.

Cuidar, proteger, alimentar, medicar, estar atenta, são algumas das tarefas que temos feito.

Há sempre "lutas", mas o balanço é positivo. Há dois gatos que estão adoentados, e é  uma frustração, tentar apanhá-los porque temos apoio veterinário, mas eles não se deixam apanhar.

Deixo algumas fotos deles, para que vejam como são lindos, apesar das marcas de uma vida de rua!

cacaucat.jpg

borisefenix.jpg

bichanosdoschaes.jpg

bichanosdoschaesfacebook.jpg

Iniciativo do Pingo Doce - Bairro Feliz

É de louvar a iniciativa do Pingo doce, com o nome , programa bairro feliz.

Cada loja Pingo Doce vai apoiar com até 1.000 euros uma causa escolhida pela comunidade local, que pode ser inscrita por qualquer entidade ou grupo de vizinhos.

Todas as entidades ou grupos de cinco vizinhos podem inscrever uma ideia que traga impacto positivo ao seu bairro. As causas mais votadas pela comunidade de cada loja ganham um donativo Pingo Doce para serem concretizadas.

bairrofelizpingodoce.jpg

pingodocebairofelizes.jpg

animalfeliz.jpg

parte2.jpg

Entre várias causas, a causa animal também entra. Fiquei super contente porque sendo cuidadora de uma colónia de gatos, e não estando sozinha, rapidamente conseguiria arranjar mais 4 vizinhos, e pedir um abrigo para estes gatos. Mas ia pedir mesmo um contentor/casa que desse para os abrigar, mas não prender, e  também para que se fosse preciso algum gato ficar a se restabelecer de algum ferimento ou doença. Foi fácil idealizar  logo o espaço ideal, porque já existe uma base de cimento.

psaaaa.jpg

Comecei a colocar a minha ideia em projeto, mas depois percebi, ao ler o regulamento que não podia concorrer, porque neste bairro não existe uma loja Pingo Doce, e isso é uma condição essencial. É que a loja mais próxima que existe além de ser fora e longe da localidade, pertence a outro concelho.

De qualquer forma partilho o projeto, e deixo os meus parabéns ao Pingo Doce pela excelente iniciativa. Pode ser que outras pessoas ainda se possam inscrever em alguma causa.

https://www.pingodoce.pt/responsabilidade/bairro-feliz/

Uma boa causa

Tenho andado muito dedicada à colónia de gatos da minha rua que sempre aqui falei.

meninos da colonia.jpg

Como já aqui disse a colónia agora está legalizada, esterilizada. Os gatinhos têm uma veterinária que, sempre que é preciso receita remédios/tratamentos e até já veio á colónia para os observar. É uma pessoa que tem verdadeiro amor pelos animais e se preocupa com eles.

Também já está em curso o pedido de instalação de dois abrigos pela junta de freguesia.

A colónia tem até uma página de Facebook, onde vamos partilhando a vidinha deles, dando recados e alertando para determinadas situações.

Somos cinco cuidadoras, cada uma á sua maneira tem as suas tarefas e ajuda no que pode.

pagefacebook.jpg

Continua a ser um gosto, tratar, cuidar, alimentar e privar com eles. Tenho passado momentos de verdadeira ternura. Não são só eles que ganham, sou eu que sou uma sortuda por poder ajudá-los. Foi uma grande emoção, quando um dos gatos que está aqui há anos e nunca se deixou tocar, começar a aceitar festinhas, todo feliz!

O maior obstáculo tem sido o meu gato Riscas. Sempre que chego a casa com o cheiro de outros gatos, ele sente-se talvez ameaçado por achar que vai perder o lugar dele, e faz xixi fora da caixa da areia, em sinal de protesto.

Estive em isolamento 7 dias e como não pude sair, não trouxe nenhum cheiro para casa, e nesses dias, o Riscas, não verteu nem uma gota gota fora da caixa, portanto é mesmo a questão comportamental, ciumes, etc.

gatoriscas.jpg

É uma situação que eu hei-de resolver, mas ainda não sei como, porque nem quero que esta minha "função" de tratar dos outros gatos o faça sofrer, nem quero deixar esta causa que tanto me preenche!

causasnobres.jpg