Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Há suspeitas de doença grave na colónia dos Chães

Depois das duas últimas mortes, o Siamês e o Gordinho, onde o Gordinho teve o acompanhamento médico, ficou a suspeita de PIF.

Agora é a Baunilha, que está um pouco mal, já foi observada de rompante (porque fugiu)  pela nossa veterinária e tomou antibiótico, porque não se deixou apanhar para levar injectável. Ela andava sempre junto ao Siamês.

SquarePic_20230721_19175875.jpg

A PIF é muito grave e contagioso. É considerada uma das mais importantes doenças infecciosas fatais em gatos, a Peritonite Infecciosa Felina (PIF) ainda não teve sua patogénese (parte da patologia que se dedica ao estudo detalhado dos modos pelos quais uma doença evoluiu, se desenvolve) totalmente esclarecida e seu diagnóstico é bastante frustrante para os veterinários e para os tutores ou cuidadores de gatos!

Entretanto houve necessidade de repetir o tratamento, e pedimos também receita para os constipados de actidox!

coloniamedicamentos.jpg

De qualquer forma, a Baunilha está melhor, já não tem baba, e os olhos estão mais limpos, e tem apetite! Começamos a ter esperança que possa não ser essa doença, vamos aguardar!

Gatas com algumas semelhanças, baralham

identicas785.jpg

Estas duas gatinhas pertencem à colónia dos Chães, e vivem ambas no mesmo espaço, a que designamos de alpendre. Uma delas, a Baunilha  está doente e é avessa a tomar medicação. È preciso estar com fome, para que coma o antibiótico no paté.

Aconteceu, uma vez uma cuidadora dar o antibiótico à Bichinha, naquele momento parecia mesmo a outra, e até achou fácil, mas logo a seguir percebeu que tinha dado à gata errada. Não foi grave, apenas perdemos aquela metade de comprimido!

E agora vamos estar mais atentas!

Os gostos dos gatos em relação à comida

Dizem que os gatos de rua, quando estão com fome comem o que lhes darem. Os da colónia que alimento, ou seja, dos Chães, são esquisitos. Mas consegui arranjar um tipo de paté que eles gostam e que conseguimos pagar! Estas latas paté de aves de 400g que custa 0,99€ e eles adoram! 

IMG_20230616_144529.jpg

IMG_20230620_143330.jpg

IMG_20230620_140425.jpg

IMG_20230620_140351.jpg

Pardinho Escuro, volta! Fazes muita falta!

Isto de estar ligada a este grupo de gatos de rua, da colónia, é algo a que me dedico com todo o empenho.

Costumo dizer que é o meu segundo trabalho, que não sou paga em dinheiro, mas em estima, em afectos.

Um dia, gostaria de conseguir abrigos para os gatos, que pudessem ficar abertos, para serem eles a decidir que lá queriam dormir ou não, porque sendo silvestres e assilvestrados, não seriam, a maior parte deles, felizes, fechados em jaulas e habituados a apartamentos. Gostaria de poder salvar mais vidas, dar-lhes melhores condições. De os poder levar ao veterinário, sempre que precisassem. Podia me dedicar a esta causa a tempo inteiro! Mas faltam-me recursos. E há outra coisa: é-me difícil lidar com as perdas, com a frustração de não os conseguir ajudar a todos, com as doenças, com os maus tratos, com a falta de empatia das pessoas pelos animais! Animais estes, que no caso dos cães, salvam a vida dos humanos que os mal tratam e que não os estimam e respeitam!

Há um gato da colónia que a última vez que estive com ele foi no dia 7. Esteve constipado, mas depois de uns dias a tomar maxilase, tinha melhorado. Um bichano tão doce e querido, gostava de dar turrinhas de receber festinhas. Era meigo e manso. Tinha uns olhos verdes expressivos, lindos. Era muito grato. Corria ao meu encontro quando eu chegava!

Não sei dele. Nunca mais apareceu! Estou tão triste!

O que terá acontecido!? À medida que o tempo vai passado, vou perdendo a esperança, ele estava todos, mas todos os dias, pela colónia, à minha porta!

Pardinho Escuro, volta! Fazes muita falta!

328925222_1351846748932302_3581785485992389414_n.j

326208109_1239029926691715_8810463860421919859_n.j

285815595_159814359871392_5799589439443105185_n.jp