Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Somos tão bipolares com os nossos animais, como com os filhos!

20211014_205613cópia.jpg

 

Sabem quando os pais se queixam que os filhos não param quietos, e não dão descanso?

Pois...

Mas quando estão doentes e apáticos, só desejamos que voltem a ser irrequietos, porque é sinal que estão bem.

 

Com os nossos animais é a mesma coisa.

D. Becas todas as madrugadas me vai chamar para lhe pôr comida. Não é porque não tenha no comedouro. É mesmo hábito e vício. E, se não me levantar, faz de tudo para que eu mude de ideias, sendo o último recurso morder a Amora.

É chato. Uma pessoa está ali tão bem na caminha, e ela força a levantar. Interrompe a noite de sono. 

Numa destas noites, ela não apareceu.

A hora nenhuma. 

Que estranho...

Será que está fechada em algum lado?

Será que está bem?

E uma pessoa ficou logo inquieta, e sem dormir em condições.

Afinal, estava tudo bem. Só não lhe apeteceu aparecer.

 

Também não é novidade que limpar as caixas de areia não é o meu passatempo favorito, sobretudo com duas gatas, que até costumam ir à vez, quase seguidas, e fazer as necessidades em duas etapas.

Normalmente, fazem o servicinho de manhã, ao almoço, e à noite.

Num destes dias, notei que a Amora não fez cocó. 

E fiquei logo preocupada.

Um dia inteiro sem fazer não é normal.

Acabou por fazer à noite.

Mudou os horários, pelos vistos.

 

 

Quadro pintado por mim da minha gatinha Tita

Olá bom dia a todos!!! 

 

Hoje pintei a minha gata mais velha, a Tita que já tem mais de 13 aninhos.

Esta gata é muito meiguinha. Tenho outro quadro da minha Luna que já publiquei aqui há muito tempo. Se quiserem podem visitar o meu blog de pinturas para verem melhor  https://pintureworkcelia.blogs.sapo.pt

 

tita.jpg

 

A disputa pelo saco de papel!

Esta semana fui às compras e, mal pousei o saco no chão da entrada, a D. Becas enfiou-se lá dentro, junto com o pão e a fruta.

Entretanto, ela saiu, e consegui tirar as compras. Deixei o saco para elas brincarem. Então, era vê-las loucas, como crianças, a ver quem entrava lá primeiro. Até corriam. Se uma saía, ia logo a outra enfiar-se lá dentro.

E deu nisto!

 

240578844_322547726323472_2589289781880383482_n.jp

Becas: Não venhas com ideias, que eu estou aqui a tomar conta das compras.

 

240528530_2407907742674365_1631550459396246698_n.j

Amora: E quem te disse que eu queria ir para aí?

Becas: Como se fosse preciso muito para saber isso...

 

 

Depois de ter tirado as compras...

 

240878839_401902448214404_2551714325174012819_n.jp

Amora: Não há aí um espacinho para mim?

Becas: Chata... O saco é pequeno para duas.

 

237400770_1484091461960210_7957045397766469331_n.j

Amora: Queres é o saco só para ti! Mas eu sou paciente.

 

 

Uns minutos depois...

237023884_601425167688650_202432200496306853_n.jpg

Amora: Agora é a minha vez! Quem foi ao ar, perdeu o lugar!

 

 

 

 

 

 

Em dose dupla!

177305201_3013101305628660_7768796407794190696_n.j

 

Há dias em que está uma em cada lado.

Em que se atropelam.

Em que andam à bulha uma com a outra.

Em que disputam a atenção dos donos, e andam com ciúmes uma da outra.

Em que não se entendem de maneira nenhuma.

 

E, depois, há dias em que são as melhores amigas!

Em que gostam de estar bem juntinhas.

Em que partilham os espaços, as diversões, a cama.

Em que brincam, conversam ou, simplesmente, dormem, mostrando até sintonia nas posições que adoptam.

 

É assim a vida com bichanas em dose dupla!

 

193465863_3044664212472369_7305130385326673043_n.j

180455988_3020143438257780_8452679669604269069_n.j

184701902_3027900047482119_2848287284856697714_n.j

195879527_3047874575484666_6312287447948697301_n.j

190071898_3039274156344708_6763507103127933876_n.j

172505655_3004556346483156_7872126220484040514_n.j

155291255_2968098833462241_7258043148879780740_n.j

203024992_3060828890855901_6309158663223037862_n.j

 

 

 

 

Quem será (serão) o(s) pai(s) das crianças?!

Quando e como mover uma ninhada de gatos? - Meus Animais

 

Por certo, quando vêem ninhadas de gatinhos, já terão reparado que nem todos são iguais e, muitas vezes, não se parecem nada com a mãe, ou com o suposto pai.

Isto poderá ter uma explicação. 

Quando uma gata fica prenhe, ela pode ter filhotes de diferentes gatos, fenómeno que que apelida de superfecundidade.

Se uma fêmea copular com mais do que um macho durante o mesmo cio, pode acontecer nascer gatinhos de pais diferentes.

Este processo acontece porque, só após o acasalamento, a fêmea liberta os seus óvulos, que podem ser vários, e cada um deles fecundado por espermatozóides, provenientes do esperma que circula no trato reprodutivo, de gatos diferentes.