Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Gatos que vou encontrando por aí

A imagem pode conter: gato

Deitado à sombrinha, para fugir ao calor que agora, finalmente, chegou!

 

 

A imagem pode conter: gato

Parece-me que ela não está muito contente com as beatas que deixaram ali no chão. Aqui ainda não estão a aplicar multas!

 

 

A imagem pode conter: planta, ar livre e natureza

A cama não será, por certo, muito confortável, mas quando se é gato de rua, qualquer sítio pode servir para dormir. Ainda que esteja cheio de pedras e lixo...

Os gatos também sofrem de distúrbios alimentares?

Imagem relacionada

 

As nossas gatas não passam fome.

Pelo contrário, comem mais do que deveriam.

Mas parecem estar sempre famintas, e pedem-nos mais, sempre que nos apanham em casa.

 

 

Ora, não lhes fazemos sempre a vontade e, por vezes, têm que esperar que chegue a hora da refeição.

D. Becas, no outro dia, chateada porque não lhe demos ração, começou a comer cartão, da caixa que costumam usar para a brincadeira.

Já a vi comer também jornal.

E, mais recentemente, danada por não ter visto o seu desejo atendido, foi roer a cadeira da napa do quarto, arrancou um bocado e começou a mastigar.

 

 

Na brincadeira, disse ao meu marido que a bichana sofria de perturbações alimentares!

Mas será que isso pode mesmo acontecer?

Será que esses distúrbios também podem afectar os animais?

 

Corte na orelha dos gatos para sinalização: sim ou não?

Resultado de imagem para corte na orelha do gato

 

Há muitos anos que o conhecido "corte" na orelha dos gatos é efectuado para sinalizar aqueles que foram abrangidos pelo programa CED, e já se encontram esterilizados/ castrados.

Sabemos que o corte é indolor. Que é feito durante a cirurgia, sob efeito de anestesia.

E que é uma forma de os proteger de novas intervenções cirúrgicas desnecessárias, por não se saber se a elas já teriam sido submetidos, não apresentando qualquer marca identificativa.

 

 

Mas, é mesmo necessário fazer isso? 

Numa era tão virada para as novas tecnologias, não existem outras opções que não passem pela mutilação da orelha dos gatos, por mera questão de sinalização?

 

 

Por outro lado, já têm surgido nas associações, ou sido capturadas algumas gatas que, por apresentarem o referido corte, se supunha que estariam esterilizadas e, afinal, deram à luz.

Por vezes, os gatos apreentam esses cortes por outros motivos, que não relacionados com o programa CED, e acaba por não ser um meio muito eficaz de sinalização.

 

 

Quem por aí é contra ou a favor deste método?

Seria o microchip, uma opção mais viável? Ou igualmente violadora do corpo do animal?

Que outras soluções poderiam ser colocadas em prática, que não implicassem a mutilação do animal?

 

 

 

 

 

 

 

  • Blogs Portugal