Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Morreu um dos gatos mais famosos da internet

1558087739_432602_1558103785_noticia_normal[1].jpg

Cheguei a fazer um post sobre esta gatinha, aqui no clube. Tinha imensas coisas relacionadas com ela, redes sociais (que eu seguia e adorava), causas, roupas e calçado, com a sua carinha rabugenta, mas engraçada! No entanto,  apesar de Tardar Sauce (nome dela) ter recebido os cuidados dos melhores profissionais de saúde veterinária,  não resistiu às "complicações de uma infecção recente do trato urinário.

 

Certamente tinha a melhor alimentação, os melhores cuidados, e mesmo assim, não resistiu. Não deve ter sido por falta de dinheiro para os tratamentos. Temos mesmo de andar atentos aos nossos bichanos, que estando esterilizados, correm o risco de ter algum problema a nível urinário, como teve o meu Rafael.

 

De qualquer forma o Grumpy Cat nunca será esquecido!

 

Uma gatinha cega chamada Honey Bee

Honey Bee, é uma gatinha muito especial. Ela é cega, mas ainda assim, adora fazer caminhadas com os seus donos.

 

No abrigo onde este felino estava ninguém a adotava por ter nascido sem olhos, até que um casal, resolveu ficar com ela. Compraram uma trela para a levarem a passear, visto ela  gostar de disfrutar dos prazeres da natureza.

 

Os donos disseram que ela ficou "encantada" na primeira vez que ouviu o som de patos.

Conheça-Honey-Bee-um-gatinho-cego-que-adora-camin

Conheça-Honey-Bee-um-gatinho-cego-que-adora-camin

Conheça-Honey-Bee-um-gatinho-cego-que-adora-camin

Conheça-Honey-Bee-um-gatinho-cego-que-adora-camin

Tem página no Facebook. Existe também um vídeo, com as caminhadas dela.

 

Através do facebook, percebi, que existem mais felinos em casa, e que outro deles, a Fig, também é cega! Daí, a página ter o nome das duas gatas  e a expressão "o amor é cego"!

49522146_2106131712815126_4914774082320334848_n[1]

Smoothie, uma gatinha linda e muito fotogénica

Alguns gatos ficaram famosos por terem alguma característica que os torne especiais, por terem realizado um feito heróico, por terem salvo alguém, por terem algum problema de saúde ou limitação física, por sobreviverem em situações limite, por serem únicos, por terem herdado fortuna dos seus donos, por terem uma beleza imensa.

 

Existem imensos pela internet, com páginas nas redes sociais, pelos média, com peluches imitando-os, até em livros!

 

Desta imensidão de gatos e gatas, escolhi uma, que é de uma beleza infinita. A Smoothie, de olhos verdes. A sua dona, Arvid van Boekel , dedicou-lhe uma página no instagram, onde já tem uma imensidão de  seguidores, para além de vídeos no Youtube.  Ela é uma gatinha da raça British Longhair, raça de origem britânica. A raça ganhou prestígio com o gato de Cheshire em “Alice no País das Maravilhas”.

 

Esta gatinha é considerada a gata mais fotogénica do mundo, pois parece que gosta de ser fotografada, se não, como se explicava o facto de ela fazer aquelas poses. Seja qual for o lugar, situação, com luz, sem luz ela fica sempre bem!

 

13191819003307[1].jpg

13191727675305[1].jpg

Que rica gata!

Resultado de imagem para choupette herdeira de karl lagerfeld

 

Solteiro e sem filhos, Karl Lagerfeld estipulou que a sua mais querida companhia - a sua gata Choupette -  ficasse com parte da sua fortuna, pelo que vai continuar a ser a gata mais rica do mundo.

 

Choupette é de raça birmanesa, tem pêlo branco e olhos azuis.

Tem duas amas, que a acompanham 24 horas, e um nutricionista. 

Foi capa da Vogue Brasil (ao lado de Gisele Bundchen), inspirou coleções da marca do designer alemão, tem um livro, e uma conta no Instagram com mais de 118 mil seguidores - choupettesdiary

 

A gata tem uma conta bancária e, na impossibilidade de passar diretamente a herança ao animal de estimação, há a hipótese de ser criada a figura de pessoa moral para cuidar de Choupette, que poderá ser uma fundação ou associação.

 

Choupette pertencia ao modelo francês Baptiste Giabiconi que a deixou duas semanas em casa do designer alemão. Quando Giabiconi regressou de viagem, o estilista disse-lhe: "Sinto muito, a Choupette é minha". A partir daí, tornaram-se inseparáveis. 

 

 

 

 

Há famílias felinas por toda a parte

Não sei se sou eu que estou mais sensível agora que antes, não sei se agora reparo mais neles que antes; o que é um facto é que estou sempre a encontrar gatos, famílias felinas.

nostresgatos.jpg

Durante as minhas férias conheci esta família: mãe preta e branca e dois filhotes, um todo preto e o outro preto e branco. Estavam sempre juntos. Uma vez o canito preto e banco andava atrás de pombo.

andacapombinho.jpg

No penúltimo dia, quando saímos à noite, lá estavam eles...e foi a última vez que os vi, na manhã seguinte, andei a ver se os via para me despedir, mas já não os vi.

 

Desejo que estejam bem e que continuem assim unidos...

O novo lar do Bob e do James é maravilhoso

Sou seguidora do gato Bob do James, li os três livros, vi o filme. Conheço a história dos seus encontros e desencontros, das suas aventuras e cumplicidades.

 

Fiquei tão feliz quando agora publicaram a nova casa deles. Tem aquilo que eu idealizo como a casa perfeita para um gato. Uma vivenda com um exterior bem vedado, vigiado e seguro. Reparem até onde vai a vedação. Não sei se ainda é assim, mas o Bob não gostava de ir à caixa da areia, gostava de ir aos arbustos, se ainda for assim, espaço não lhe falta!

 

Que continuem a ser companheiros e felizes. Que continuem a inspirar muita gente com a vossa  linda história.

 

casadobob001.jpg

casadoBob002.jpg

BobandJames.jpg

casadoBob003.jpg

Calvin Esparguete um gato Lisboeta

1274519[1].jpg

Acho que foi na sexta-feira,  estava a ver televisão, o programa "A tarde é sua" um programa que gosto. Começo a ouvir falar de um gato, de nome Calvin. A principio, ao ver e perceber que era um gato com dona, mas que era livre, de andar por aí, fiquei preocupada. Livre de andar por Lisboa, meio urbano, de um lado para o outro. Mostraram o itinerário dos sítios que ele percorria. Chega a ir a vários quilómetros de casa, mas volta sempre. Chega a ficar em casa de pessoas, entra em lojas. Chegou a estar 6 meses sem aparecer, e depois apareceu à porta de casa, como se nada fosse. Ele tem uma chapinha na coleira com nome e telefone, e quando alguém o encontra telefona aos donos para o irem buscar.

 

Pensei para comigo, "se fosse um meu eu não o deixava andar por aí ainda é atropelado ou ainda o matam". Mas depois na entrevista a dona disse, que aquele gato se ficar preso em casa fica triste. Ela disse que assim é que ele é feliz! Acho que até entendo... O gato tem 16 anos, está com esta família desde bebé...isso deve querer dizer,  que é feliz assim.

 

A dona deste gato que também é jornalista, escreveu um livro sobre ele. Segundo ela o livro tem as aventuras do bichano algumas completamente verdadeiras e outras com um toque de fantasia, é o gato que narra as suas histórias.

 

Já estou com vontade de o  ler!

calvinEsparguete.jpg 

E também tem Facebook .

 

O gato Aquiles é a nova mascote do Mundial da Rússia

Há um  gato de nome Aquiles,   branco e surdo que vive em São Petersburgo, e que tem, segundo dizem,  poderes extra sensoriais, e faz previsões dos jogos e tem acertado.

 

Para fazer as suas previsões, o gato é colocado em frente às bandeiras dos países que estão em jogo, cada uma com uma tigela de comida. A tigela que escolher, representa a previsão da vitória.

Aquilles.jpg

Que bom que é um gato desta vez, acho que já escolheram um polvo numa ocasião e um porco noutra.

 

È caso para dizer: Bons palpites, Aquiles!

Que sejas feliz agora, Toby

tobycat.jpg

De certo que já ouviram falar de Toby, o gatinho que foi entregue pela sua família a um novo lar. Mas como ele não percebeu o porquê desta "entrega", percorreu 20Km para regressar para junto da sua família. No entanto, esta família, ao invés de ficar comovida e rendida pela fidelidade do seu gatinho, resolveram entrega-lo a um abrigo para que o abatessem.

toby2.jpg

Como é que conseguiram, vendo o esforço dele!? As pessoas têm tanto a aprender com os animais.

 

No entanto, o abrigo público recusou-se a abate-lo e invés disso, contactaram a SPCA para tratar dele, para depois tentarem que alguém o adotasse.

 

O teste deu  positivo para o vírus da imunodeficiência felina, e também tinha uma infecção respiratória superior. A infeção demorou a tratar, mas foi tratada.

 

Contam que o gato rapidamente se afeiçoou ao pessoal que o tratou. Quando a história deste gatinho foi colocada nas redes sociais houve logo alguém que quis ficar com ele, sem qualquer receio, e já tendo dois gatos.

toby001.jpg

Que seja feliz e que nunca mais mais sinta o desprezo e o abandono! Que o carinho, o amor, e os cuidados sejam em abundância, já que ele é um doce e retibuirá...

Encomendas felinas!

 

Todos sabemos como os gatos têm uma adoração especial por caixas! 

Nestes casos, esse fascínio poderia ter-lhes custado a vida e valeram, por certo, muitos nervos e preocupação aos donos.

 

Uma gatinha, na Itália passou por um mau momento quando resolveu enfiar-se dentro de uma caixa, onde acabou por adormecer.

O dono da gata, sem saber que ela estava na caixa de papelão, fechou a caixa e enviou-a para o seu destino final – a centenas de quilômetros de distância.

A caixa esteve viagem por quatro dias, e a gata permaneceu no seu interior durante todo esse tempo. Quando a encomenda chegou a Vicenza, os funcionários do correio local ficaram alarmados ao ver uma caixa a mexer e decidiram abri-la, encontrando a gata que, apesar de desidratada, estava melhor do que seria de esperar.

Felizmente, conseguiram identificar o dono que, desesperado à procura da gata que tinha desaparecido, ao saber onde ela estava, dirigiu-se de imediato para o local.

 

 

 

Também em Inglaterra ocorreu uma história semelhante.

Uma gata, de oito anos, estaria a dormir dentro da caixa de cartão quando a dona, Julie Baggott, sem se aperceber da sua presença, fechou a encomenda de DVD's e a enviou pelo correio para um cliente.

Foram oito dias que a gata esteve fechada na caixa, levada pelos serviços de correio de Inglaterra, de uma distância de 418 quilómetros, entre as localidades de Falmouth, na Cornualha, e Worthing, em West Sussex.

O grupo de serviços veterinários ajudou a encontrar os donos de Cupcake através do "microchip" de identificação do animal.

E também esta história teve um final feliz.

 

Mas talvez estas duas gatas tenham ficado um pouco traumatizadas com caixas! Ou então, não!

 

 

 

  • Blogs Portugal