Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Tirando ideias

Há uns tempos, em Istambul havia um/a gato/a muito querido pela população, o/a Tombili. Suponho que fosse de rua.

Entretanto,  teve uma doença que o levou no espaço de um mês. Logo depois da sua morte, circulou uma petição online entre os moradores da região pedindo a construção de uma  estátua em sua memória.

O escultor Seval Sahin foi o encarregado de fazer a escultura, que reproduz a tradicional pose do gatinho.

tombili-cat.jpg

https://pt.wikipedia.org/wiki/Tombili

Depois de ver/ler isto, e lembrado-me do Oreo, que viveu aqui na rua, lembrei-me que neste muro, podia um desses artistas que fazem desenhos, grafits,  fazer o seu desenho!  Fiz um esboço (imperfeito, porque não tenho grande jeito), ele aqui junto à sua árvore preferida,   que seria tipo assim:

esbocoimperfeito.jpeg

E o Oreo ficaria sempre por cá!

SquarePic_20210722_19162721.jpg

Homenagem ao Oreo

Já tinha sofrido  com a perda dos meus animais, desde criança a jovem. Mas já foi há algum tempo, e foi ultrapassado.

Em relação ao Oreo, mesmo não sendo meu, era meu protegido, meu amigo, era da minha rua, do meu bairro. Parece que ainda o vejo nos locais habituais. Não  me conformo que não tenha ido com ele ao veterinário a tempo de o salvar...

Entretanto fiz-lhe esta homenagem:

Homenagem a um gato de rua, muito especial

Em finais de abril, o gato da minha rua, de nome Alone, desapareceu. Durante algum tempo, julguei que era mais um dos seus habituais desaparecimentos, e que voltaria, como sempre aconteceu. Entretanto cerca de dois meses e tal depois, essa esperança, de que ele volte, já não a tenho!

20022019.jpg

Questiono-me tantas vezes o que lhe terá acontecido. Pode ter sido atropelado, pode ter sido envenenado, pode ter sido caçado! Não sei! Não sei que fim ele teve. Mas concluo que ele já não esteja entre os vivos, a não ser que alguém se tenha encantado por ele, e o tenha levado para casa...

alone26082018.jpg

Foi o gato de rua mais especial que conheci, fazia parte dos três mosgateiros.

chegadacasa098.jpg

O Alone quando eu chegava à rua, ia-me me esperar ao carro. Conhecia bem a minha viatura.

alonespera.jpg

alonecat.jpg

Dava-me turrinhas, pedia comida e pedia festinhas. Chegou a entrar no meu prédio, julgo que queria ir comigo para casa.

20181129_160711.jpg

Não sei se ele depois de tantos anos na rua, seria feliz dentro de um apartamento, mas também nunca o pude levar. Não tinha espaço, nem condições para sustentar mais um gato.

Alone09092017.jpg

Ele foi terapia para mim durante tempos difíceis. A sua dedicação e ternura por mim, fazia-me sentir útil, importante!

 

Nunca mais, um outro gato me voltará a ir esperar à porta do prédio com aquele miar doce, nem voltará a ir esperar ao estacionamento.

aloneatulizar.jpg

Não lhe cheguei a agradecer tudo o que ele fez por mim, porque ele fez por mim, mais do que eu fiz por ele. Tenho muitas saudades dele! Acompanhei-o durante quase três anos, não o irei esquecer!