Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

desculpem-me

ser chata, mas, há pouco, fui ver se a Kat estava no cesto dela ( tem uma mantinha para se aconchegar) e não a vi.

Fui ao quarto.

Fecho as portas do roupeiro depois de arrumar o quarto.

Mas estava aberta. 

E é isto:

IMG_20220422_165705.jpg

 

 

ela é demais!

Ontem, horas de ir dormir,  não sabia da Kat.

Tenho o hábito de ver onde está, seja antes de sair de casa, seja quando vou dormir e ela anda desaparecida.

Já aconteceu fechar a porta do quarto ou da casa de banho, antes de sair de casa e quando chegava ouvia-a miar.

Liguei a luz da mesa de cabeceira e reparei que no roupeiro estavam duas meias à vista, mas que deviam estar na caixa de arrumação.

Primeiro pensamento: "a Kat meteu-se dentro da caixa".

E lá estava ela.

IMG_20220421_005611.jpg

A porta do roupeiro é de correr e se estiver mal fechada, nem que seja uns centímetros que ela caiba, com o corpo empurra a porta, encontra o lugar perfeito para a soneca. 

Hoje, voltou ao quarto.

Já não a via desde o final da tarde, fui espreitar o roupeiro, vi as meias fora da caixa e lá estava ela, outra vez.

IMG_20220421_205444.jpg

 

Não lhe escapa...

estava a pôr o edredão, ela salta para cima da cama meteu-se debaixo dele, e ficou.

Esta gata tem dias, embora raros, que se mete no quentinho da cama e fica até às noite.

Ontem, esteve desde o meio-dia e meia até às nove da noite. 

E fui tirá-la do quarto.

Esteve nove horas sem comer.

IMG_20220313_145221.jpg

tão fofa!

Esta noite, e há muito tempo que ela não dormia na minha cama, quando me deitei, a Kat subiu para a cama e encostou-se às minhas pernas.

Adormeci.

Quando acordei, por volta das 8:00 h, levantei-me para ir à casa de banho.

Tomei o comprimido da tiróide e meti-me na cama.

Às 9:00h estava a miar. Passava  por trás da almofada. De repente, senti a pata dela na minha cabeça.

Queria que eu me levantasse. Queria comer o patê do dia.

Mas eu adormeci, o relógio despertava-me às 9:30h.

Fui ao ginásio.

Quando cheguei, abri a porta do meu quarto para fechar a janela que deixara um pouco aberto para o arejar.

O  edredão estava em cima da cadeira.

Saltou para cima dele e deixou-se ficar.

Fui fazer o almoço, pôr a roupa a lavar.

Almocei.

Lavei a louça.

Lavei a casa de banho.

Fui fazer a cama de lavado.

E o edredão?

Ela estava, e está, tão tranquila que não tive coragem de o pôr na cama.

São 16:40.

Ela nem come.

IMG_20220312_155051 (1).jpg

 

aqui há gata!

Sexta-feira, passei no mercadinho, vi umas orquídeas, e trouxe dois pés.

Algumas cortei-as, peguei num porta-círios e coloquei-o dentro do tabuleiro que tenho na mesa da sala de estar.

À noite, reparei que o porta-círios continuava dentro do tabuleiro, mas as flores estavam do lado de fora.

Comentei comigo: " será que elas são saltitantes e não querem nada com a água?"

Mudei a água, e voltei a pô-las lá.

No dia seguinte, olho a mesa e lá estavam elas fora do sítio.

"Mau, aqui há gato!"

Claro que sim, porque só poderia ter sido a gata. E coloquei-as no sítio .

A gata dormia tranquilamente no sofá.

Hoje de manhã, volto a vê-las do lado de fora do tabuleiro.

A Kat, tira-as do sítio para beber o nico que água que  lá tem.

É danada, esta gata.

E que eu saiba, não come as flores, como faz o Mickey, o gato da minha irmã.

IMG_20220305_123301.jpg

IMG_20220305_123246.jpg