Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

Clube de Gatos do Sapo

Este blog pertence a todos os gatos que andam aqui pela plataforma do Sapo, e que pretendem contar as suas aventuras do dia a dia, dar conselhos, partilhar experiências e conhecimentos, e dar-vos a conhecer o mundo dos felinos!

International Cat Care - um site a ter nos favoritos

 

 

 

Da última vez que fui ao Hospital com o meu Jaqui, trouxe para casa, uma pequena brochura informativa acerca das cat Friendly clinics.

 

Um dos tópicos que me chamou mais à atenção, parte interessada no assunto, foram as dicas para tornar a ida ao veterinário... menos stressantes... para o gato e para nós.

 

De forma sucinta abordava as melhores praticas desde o momento "terrível" para os apanhar e colocar na transportadora, até ao seu regresso a casa e, se for caso disso, a reintrodução com os outros.

 

Na mesma brochura faz referência ao site da ISFM (International Society for Feline Medicine - organização global que se dedica a fornecer informação aos médicos veterinários) o - www.fabcats.org

 

Pensei que devia partilhar pois... queremos o melhor para os nossos gatos e se soubermos de dicas que possam ajudar outros tutores, melhor! 

 

No site, podemos encontrar informações bastante úteis, diria valiosas, acerca dos nossos felinos. As tais dicas que referi anteriormente e não só!

 

Só a título de exemplo podem encontrar:

 

- Uma descrição das várias raças de gatos,

 

- Gatos em colónias - como os ajudar, têm um manual para dowload gratuito,

 

- Um dicionário sobre as principais patologias que afetam os gatos,

 

- Clínicas Cat Friendly... em Portugal, 

 

- Como e qual a melhor forma de administrar a medicação em casa - em vídeos,

 

- Vídeos com as melhores práticas e técnicas de "manipular" os gatos - por exemplo - o que fazer para os convencer melhor a entrarem na transportadora,

 

- E muito mais...

 

Espero que vos possa ajudar!

=^._.^=

 

 

 

 

Fascínio pelos gatos “bosques da Noruega”!

Eu gosto de qualquer gato. Sempre que vejo um, meto logo conversa chamo-o e se ele deixar faço-lhe festinhas. Mas tenho um certo fascínio pelo “bosques da Noruega”! Encantam-me!

 

Andei a pesquisar sobre eles, e encontrei até alguns á venda no OLX. Não estou para comprar, nem adotar nenhum gato agora, mas aconteceu ir lá parar e ver uns amarelinhos, como o meu Riscas…

gatinhosbosquesporto.jpg

Em grandes, devem de ficar assim:

bosquenoruega.jpg

 

Descobri então que esta raça é proveniente dos bosques da Noruega, pais conhecido pela suas montanhas e florestas, com verões amenos e invernos muito rigorosos, onde só os mais fortes poderiam sobreviver.

 

Este felino era conhecido como o gato encantado das florestas escandinavas. Os Vikings chamavam-lhe “Fada da floresta”, uma vez que o gato se desenvolveu naturalmente em territórios próximos dos humanos.

 

Pelas suas origens, pode pensar-se que é um gato que prefere a exploração ou estar fora de casa, mas na verdade é um animal que prefere a companhia de pessoas e de outros animais. São gatos muito inteligentes e independentes, pouco barulhentos, calmos, mas tendem a defender o seu território, são agradáveis e doces com os seus donos. Também vivem bem como o único gato da casa, ligando-se de forma muito intensa a uma pessoa em particular. No entanto, não são gatos de colo (oh que pena), preferindo deitar-se ao comprido junto ao seu humano preferido.

com-gato-selvagem-bosque-noruega.jpg

E aquela pelagem linda, deve precisar de  imensos cuidados, achei eu, mas…

A pelagem tem uma camada superior macia à prova de água e uma camada inferior densa e isolante. Para além de serem excelente caçadores, também são conhecidos por pescarem, apoiando-se nas patas traseiras e atirando-se para dentro de água, ato estranho para um gato português comum. O Bosques da Noruega é um gato de pelagem semi-comprida, cujo pêlo bem estruturado, não precisa de muita atenção. Uma escovagem semanal é suficiente para o manter  saudável.

 

Esta é considerada uma raça de crescimento lento, levando até três anos para atingir a maturidade completa.

 

O primeiros bosques da Noruega chegaram a Portugal em 1989.

Omar, um gato muito grande

Já tinha ouvido falar da raça  maine coon, como sendo uma raça de gatos grandes, e, acrescento eu, fofinhos.

 

E o gato de que se fala no momento é o Omar, que vive com a sua família humana na Austrália. Tem quatro anos, e é considerado o maior gato do mundo. Tem 1,20 metros de cumprimento e quase 14 quilos. Tem traços amarelos, e faz-me lembrar o meu Riscas só que numa versão XL.

 

É um gato com hábitos iguais  a tantos outros, gosta de brincar, de dormir, come ração para gatos , o que tem de diferente é o facto de  ao jantar comer carne de canguru,  mas até isso não é tão estranho, na Austrália.

 

Há cerca de 15 dias a sua dona criou-lhe uma conta no instagram, que está a ser um sucesso!

 

No caso do Omar, espero que tanto peso não lhe faça mal, e que seja caso para dizer que,  gordura é formosura...

omarcat.png

 

Conhecem os gatos Korat?

Digam adeus à adoração pelos Azul da Rússia e olá aos Korat. São uma raça sem igual, com uma história enraízada e antiga. Criei esta imagem que convosco partilho para o meu site, lá podem ler mais sobre a raça Korat se quiserem. Mas não pensem que é por isso que não vos conto a história destes gatos incríveis.

 

Bem, a imagem explica quase tudo acerca das características físicas destes animais: são gatos robustos, de pêlo curto prateado azul e olhos verdes. Mas a imagem não vos conta sobre todo o mito envolvendo esta bela raça.

 

 

Os Korat têm origem na Tailândia, provavelmente apareceu a partir do século XIV. Vocês bem sabem que as raças vão sendo seleccionadas dependendo do gosto dos criadores e juízes dos concursos, o seu aspecto vai mudando e evoluindo. Mas este não é o caso do Korat. A raça mantêm-se constante desde que há relatos da sua entrada em concursos. Literatura antiga indica que os principais traços são mantidos desde a antiguidade.

 

E porque é que os Korat se tornaram uma raça tão persistente na Tailândia? Estes gatos ganharam a fama de trazer sorte aos seus donos. Assim, foram usados como amuletos e associados à boa sorte e boas colheitas. Até chegam a ser dados nos casamentos para desejar boa sorte aos noivos (uma prenda bem interessante). E foi assim que a raça se manteve durante anos: através da oferta destes gatos a quem desejavam sorte.

 

Outra característica com muito interesse é a presença dos 5 corações. É verdade, o Korat tem 5 corações! Têm que imaginar a forma do coração de São Valentim e vão conseguir vê-lo no seu nariz, formato da cabeça, formato da cabeça incluindo as orelhas e no seu peito. E o 5º coração? Ah, já se estavam a esquecer do coração verdadeiro que bate no tórax.

 

Se ficaram com vontade de ter um Korat fiquem a saber que são gatos muito inteligentes e que gostam de se envolver activamente no que o dono estiver a fazer. Para os gatos que já têm é que é pior, porque os Korat gostam de ser os líderes dos restantes gatos.

 

O que acharam desta raça? Ficaram com vontade de ter um?

As raças de gatos mais caras do mundo!

E, algumas, bem estranhas também!

 

Sphynx

Sphynx Cats entre as racas de gatos mais caras do mundo

 

Também designado por pelado canadense, este gato é originário do Canadá e as principais características são não possuir pelo nem bigodes. Parece uma mistura de cão, macaco e gato!

Não são agressivos por natureza, adoram ser mimados, adaptam-se com facilidade a outros animais de estimação, e são pacientes com as crianças.

Devido à falta dos bigodes, podem ser um pouco desajeitados.

Eu diria que, se houvesse vida felina extra terrestre, seria este o aspecto!

 

Gato-de-Bengala 

 

É originário dos Estados Unidos e tem um ar exótico!

Tem uma afinidade com a água que o torna distinto de outros gatos. Se não tiver diferentes formas de gastar a sua energia, pode ter alguns problemas comportamentais, e provocar alguns estragos no lar!

 

British Shorthair

Como o próprio nome indica, é um britânico de pelo curto. É uma das raças mais antigas e populares, originária da Grã-Bretanha. Estes gatos são conhecidos pelo seu pelo de cor cinza ou azulada, e olhos amarelos. Têm um temperamento tranquilo e equilibrado, e não costumam ser muito ageis nem velozes, mas amadurecem mais lentamente, mantendo a sua jovialidade.

 

Russian Blue

 

Ou gato Azul da Rússia, é uma raça desenvolvida, principalmente, na Rússia e na Escandinávia. Os gatos desta raça costumam apresentar olhos verdes e pelo azul acinzentado e são geralmente, tranquilos, dóceis e muito sensíveis, e também inteligentes.

 

Allerca Hypoallergenic

Allerca Hypoallergenic entre as racas de gatos mais caras do mundo

Estes gatos são o resultado de pesquisas genéticas desenvolvidas com o objectivo de apagar/anular o gene que provoca a maior parte das alergias nos humanos.

 

Savannah

Savannah

Raça resultante do cruzamento de espécies - serval e gato doméstico. São gatos leais, extremamente inteligentes e, na sua maioria, estéreis, o que os torna muito raros.

 

Ashera

Ashera

É originário de África e também resulta do cruzamento de várias espécies. São muito semelhantes aos gatos Savannah.

 

Peterbald

Peterbald entre as racas de gatos mais caras do mundo

Gatos sem pelo, com focinho triangular, olhos amendoados e orelhas grandes, originários da Rússia, mais precisamente, de São Petersburgo.

Acho-o muito parecido com o Sphynx, ou seja, mais um gato extraterrestre!

 

Scottish Fold

scottish-fold12

Originária da Escócia, esta raça poderá ser encontrada nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Ásia. São gatos curiosos por natureza, que necessitam da atenção e cuidado integral.
Têm orelhas pequenas e dobradas para junto dos olhos e, normalmente, os seus olhos são da cor do pelo.

 

 

Persa

Raça originária do Irã, antiga Pérsia. São gatos muito procurados pela sua beleza e pelo seu temperamento dócil, e caracterizam-se por uma densa pelagem. 

 

Mau Egípcio

Originária do Egipto, é uma das raças mais antigas do mundo, e muito rara. E, ao contrário de que se possa pensar, o nome não está ligado ao temperamento do gato. Na verdade, no Egipto, mau significa gato!

Uma das principais características é a forma da letra M provocada pelas listras na testa.

 

 

Adoptar ou comprar um gato?

 

A partir do momento em que se toma a decisão de ter um gato surge, em seguida a dúvida: comprar ou adoptar?

Com tantos animais abandonados e sem dono, a precisar de um lar, e que podem ser nossos sem gastar um único euro, porque haveríamos de comprar um gato?

Por outro lado, se andamos à procura de um gato específico, podemos não o encontrar dessa forma, e sermos obrigados a comprá-lo a quem o tenha, normalmente criadores de raças específicas. Sendo assim, o que é preferível?

Eu sou da opinião que nenhum animal deveria ser comercializado, como um mero objecto. De qualquer forma, em ambas as situações existem vantagens:

 

Adoptar:

- Não tem custos - a não ser os que irá ter daí em diante com o novo membro da família

- Estará a fazer uma boa acção, ao adoptar um animal que, possivelmente, foi abandonado e está ansioso para ter um novo lar e muito carinho

- Há, em alguns abrigos para animais, a possibilidade de interagir com aquele que pretende durante alguns dias, antes de o levar

 

Comprar:

- Maior variedade de raças, e garantias da mesma

- Maior garantia de saúde

- Maior informação sobre as características e comportamento do gato

 

Cada um deve tomar a decisão de acordo com aquilo que pretende, e se sente melhor a fazer.

E vocês, preferem adoptar ou comprar um gato?